Jornalista e ex-deputado Carlos Alberto Caó morre aos 76 anos

Nascido em 1941, em Salvador (BA), Caó foi deputado federal pelo PDT por dois mandatos, entre 1983 e 1991

Carlos Alberto Caó de OliveiraCarlos Alberto Caó de Oliveira - Foto: Cultne

O jornalista, advogado, militante do Movimento Negro e ex-deputado Carlos Alberto Caó de Oliveira morreu ontem (4), aos 76 anos, no Rio de Janeiro. Entre suas principais contribuições está a autoria da chamada Lei Caó, que transformou o preconceito de raça, cor, sexo e estado civil em contravenção penal, e a emenda constitucional que tornou o racismo crime inafiançável e imprescritível.

Leia também:
Ex-ministro do Exército do governo Collor morre no Rio


Nascido em 1941, em Salvador (BA), Caó foi deputado federal pelo PDT por dois mandatos, entre 1983 e 1991. Em seu segundo mandato, participou da Assembleia Nacional Constituinte.

Como líder estudantil, foi presidente da União de Estudantes da Bahia e vice-presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE). Como jornalista, passou pelas redações do Diário Carioca, da Tribuna da Imprensa, de O Jornal, do Jornal do Comércio, da TV Tupi e do Jornal do Brasil.

Veja também

Bolsonaro apresenta boas condições de saúde, diz Planalto
Coronavírus

Bolsonaro apresenta boas condições de saúde, diz Planalto

Em março, Bolsonaro disse que ninguém deveria ser solto na pandemia
queiroz

Bolsonaro dizia que ninguém deveria ser solto na pandemia