José Dirceu deixa apartamento em Brasília e se entrega

Em setembro de 2017, Dirceu teve sua pena aumentada na segunda instância para 30 anos e nove meses por corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa. O petista chegou a ser preso preventivamente em agosto de 2015, mas teve habeas corpus concedido

Ex-ministro José DirceuEx-ministro José Dirceu - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ex-ministro José Dirceu deixou o prédio onde estava, no setor Sudoeste, em Brasília, pouco antes das 14h desta sexta-feira (18) e se entregou às autoridades.

Saíram do edifício um carro prateado com um homem no banco de trás que cobriu a cabeça com um pano para não ser fotografado. Minutos depois, o veículo de seu advogado também deixou a garagem do edifício.

O ex-ministro já passou pelo IML (Instituto Médico Legal de Brasília) e segue direto para o Complexo Penitenciário da Papuda. Na quinta-feira (17), a 13ª Vara Federal expediu mandado de prisão contra Dirceu, depois que ele teve recurso negado no TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), que se manifestou a favor da execução provisória da pena.

Leia também:
Dirceu vai cumprir decisão judicial e se entregar antes das 17h, diz amigo
Lula diz que não quer indulto, diz Gleisi
Dilma Rousseff lamenta ter assinado lei da delação premiada

Em setembro de 2017, Dirceu teve sua pena aumentada na segunda instância para 30 anos e nove meses por corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa.
O petista chegou a ser preso preventivamente em agosto de 2015, mas teve habeas corpus concedido pelo STF em maio de 2017. Caberá à 12ª Vara de Execução Penal julgar se o período em preventiva servirá para redução da pena.

Pela manhã, o deputado distrital Chico Vigilante (PT-DF), que é amigo do petista, disse que ele iria cumprir a decisão judicial que determinou sua prisão e se entregaria à PF antes do prazo final, marcado para as 17 horas desta sexta.

Veja também

Flávio Dino deixa PC do B e deve entrar no PSB, que já recebeu Freixo e pode se aproximar de Lula
Política

Flávio Dino deixa PC do B e deve entrar no PSB, que já recebeu Freixo e pode se aproximar de Lula

Centrais sindicais farão 'esquenta' nesta sexta (18) para manifestações nacionais contra Bolsonaro
Protestos

Centrais sindicais farão 'esquenta' nesta sexta (18) para manifestações nacionais contra Bolsonaro