José Serra pede demissão de ministério

Tucano enviou carta ao presidente Michel Temer

José SerraJosé Serra - Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

O ministro de Estado das Relações Exteriores, José Serra, pediu demissão em carta enviada na noite desta quarta-feira ao presidente Michel Temer. O presidente aceitou o pedido de demissão do senador.

Na carta, Serra, que tem 74 anos e já foi candidato à Presidência da República, informa que pede demissão devido a problemas de saúde, já sabidos por Temer, e que o impediriam de manter um ritmo de viagens internacionais "inerentes à função de chanceler."

No texto, Serra diz ter tido "motivo de orgulho" de integrar a equipe de Temer.

Com a demissão, Serra voltará para o mandato de senador - ele foi eleito em 2015 e tem o mandato até 2023. Ainda na carta, ele diz que, "no Congresso, honrarei meu mandato de senador trabalhando pela aprovação de projetos que visem à recuperação da economia, ao desenvolvimento social e à consolidação democrática do Brasil.

Leia mais:
Serra voava sob efeito de injeções e pensava em deixar pasta há 20 dias

Veja também

Bolsonaro concede medalha Oswaldo Cruz a Michelle Bolsonaro
Primeira-dama

Bolsonaro concede medalha Oswaldo Cruz a Michelle Bolsonaro

Lira defende fundão e diz que, sem verba pública, campanhas podem ser bancadas por milícia e tráfico
Fundão eleitoral

Lira defende fundão e diz que, sem verba pública, campanhas podem ser bancadas por milícia e tráfico