Juventude do PDT denuncia Kim Kataguiri por antecipação de campanha

A representação feita no Ministério Público Eleitoral na noite desta quarta (23) alega que o também fundador do MBL "realiza campanha eleitoral de forma extemporânea"

Líder do MBL, Kim KataguiriLíder do MBL, Kim Kataguiri - Foto: Joel Silva / Folhapress

O presidente da Juventude Socialista do PDT, Gabriel Cassiano, protocolou uma denúncia contra o pré-candidato a deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP) acusando-o de antecipação de campanha eleitoral.

A representação feita no Ministério Público Eleitoral na noite desta quarta (23) alega que o também fundador do MBL (Movimento Brasil Livre) "realiza campanha eleitoral de forma extemporânea" uma vez que "publicou em suas redes sociais um pedido de doação de pré-campanha já se apresentando como deputado eleito".

Leia também:
Kim Kataguiri, do MBL, diz que será candidato a deputado federal pelo DEM


Cassiano, 21, candidato a deputado estadual pelo PDT, cita uma postagem em uma rede social na qual Kataguiri veicula a mensagem "Ajude o Kim | Kim.Deputado" -sendo esta última expressão um endereço que redireciona o internauta a uma página de doações para a campanha de pré-candidato do DEM.

Segundo a representação, a mesma página virtual contém "apresentações de projetos que [Kataguiri] irá fazer como deputado federal, como se já o fosse, antes mesmo de ocorrer as eleições".

O requerimento da Juventude Socialista do PDT pede a remoção do anúncio e solicita à procuradoria que seja aplicada uma multa de R$ 25 mil "ou o valor integral do anúncio, dado a abrangência e imoralidade da ação do pré-candidato".

De acordo com Rubens Nunes, advogado do MBL, "o teor das denúncias não faz o menor sentido".

"A pré-campanha [do Kim Kataguiri] está dentro dos mais elevados rigores da Lei Eleitoral. Não há nada que o aponte como deputado. Uma vez que ele é pré-candidato, é natural e necessário que haja menção ao cargo que pretende disputar", diz Nunes.

Ainda segundo ele, a representação da Juventude Socialista do PDT se dá "em razão do medo e da opinião contrária que o Kim representa e, principalmente, para tentar inviabilizar a sua candidatura".

Veja também

Após 'motociata', Bolsonaro cita Deus e militares, enaltece PM-SP e cloroquina e ataca isolamento
Aglomeração

Após 'motociata', Bolsonaro cita Deus e militares, enaltece PM-SP e cloroquina e ataca isolamento

Governo Doria multa Bolsonaro por não usar máscara em motociata em São Paulo
São Paulo

Governo Doria multa Bolsonaro por não usar máscara em motociata em São Paulo