GOVERNO FEDERAL

Líderes fora, reforma e disputa sobre Embratur: por que Lula adiou troca no Ministério do Turismo

Daniela Carneiro chegou a colocar o cargo à disposição, mas Lula quer reuniões com União Brasil

Presidente LulaPresidente Lula - Foto: Reprodução/Youtube

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu adiar a troca do comando do Ministério do Turismo, entre Daniela Carneiro e o deputado federal Celso Sabino (União-PA), porque persiste uma disputa em torno do comando da Embratur e algumas das principais lideranças do União Brasil estão fora de Brasília. A expectativa é que Lula se reúna nos próximos dias com o presidente do partido, Luciano Bivar, com o senador Davi Alcolumbre (União-AP), e o líder da sigla na Câmara, Elmar Nascimento.

Também há a leitura de que, nesta semana, com a votação da reforma tributária, o foco da articulação do governo precisa estar focada na Câmara. Lula se reuniu com Daniela nesta quarta-feira, e a ministra chegou a colocar o cargo à disposição, segundo interlocutores, mas o presidente disse que ela fica até a resolução do caso com o União Brasil.

Auxiliares do presidente afirmam que o Planalto deseja amarrar o maior número de votos possível com a entrada do Sabino na Esplanada. A bancada na Câmara é formada por 59 deputados, e o Planalto negocia novos espaços para amarrar pelo menos 45 votos da legenda.

A legenda reivindica o comando da Embratur, hoje com o petista Marcelo Freixo. Como mostrou O Globo, Lula, no entanto, não deve abrir mão de Freixo, visto como uma indicação pessoal, na função, mas há possibilidade de o Planalto ceder alguma das duas diretorias da empresa ou gerências. A legenda também poderá ocupar espaços em outros ministérios na Esplanada.

Alcolumbre e Nascimento não estão em Brasília nesta quinta — ambos só chegam à noite. Membros do União Brasil ouvidos pelo Globo afirmam que dentro do partido houve uma série de divergências sobre a possibilidade de Sabino assumir a pasta sem o comando da Embratur, órgão vinculado ao Turismo.

Em entrevista recente ao Globo, Nascimento definiu a Embratur como o que há de "mais vistoso" no Ministério do Turismo, ao criticar a distribuição de cargos no primeiro escalão do governo.

— Os ministérios que nos foram dados foram esvaziados. Isto causa ressentimento. O que há de mais vistoso no Ministério das Comunicações? Correios, mas o presidente foi indicado pelo grupo Prerrogativas. A Secom (Secretaria de Comunicação da Presidência) foi tirada para entregar ao PT. No Ministério do Turismo, a Embratur também foi entregue ao PT — afirmou.

De acordo com lideranças do União Brasil, em um gesto de aproximação, Freixo teria ligado para Sabino na última semana e se colocado à disposição para "trabalhar em parceria".

Veja também

Lula cumpre agenda com Juscelino Filho, ministro indiciado pela PF por corrupção
COMPROMISSO

Lula cumpre agenda com Juscelino Filho, ministro indiciado pela PF por corrupção

TRF2 veta uso de dados de equipamentos de Rosinha Garotinho como prova
Rio de Janeiro

TRF2 veta uso de dados de equipamentos de Rosinha Garotinho como prova

Newsletter