Livro mostra três décadas de bastidores da política

"Histórias de Repórter" foi lançado pelo jornalista político e blogueiro Magno Martins

Empresário Eduardo Monteiro prestigia lançamento de livro de Magno MartinsEmpresário Eduardo Monteiro prestigia lançamento de livro de Magno Martins - Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Uma coletânea que reúne mais de cem histórias dos bastidores da política local e nacional. "Histórias de Repórter" é mais uma obra de autoria do jornalista e blogueiro Magno Martins que foi lançada, esta segunda (29), na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Numa cerimônia prestigiada por diversas personalidades do meio político e da comunicação, Magno apresentou o seu mais novo livro, que traz fatos e curiosidades de mais de trinta anos de profissão respirando, em boa parte do tempo, a política.

"Este livro traz fatos que vivi em Brasília como repórter do Congresso Nacional cobrindo importantíssimos fatos da história e aqui em Pernambuco, que é importante palco da política nacional. Estado que criou vários quadros para o País", conta.

"Histórias de Repórter" é um convite a fatos marcantes. Traz momentos históricos como o impeachment de Fernando Collor de Melo e a Constituinte entre 1987-1988. Entre as histórias de bastidor que o comunicador conta em detalhes, está a entrevista que fez com o então pré-candidato à Presidência da República Leonel Brizola e o dia em que o ex-senador Ney Maranhão descobriu após 50 anos que tinha uma filha.

"As pessoas que nos acompanham só veem a notícia no jornal e na internet e não sabem as dificuldades que você tem para conseguir uma informação. Na entrevista com Brizola, tomei chá de cadeira de 15 horas na casa dele. Mas ali consegui uma bela entrevista no momento em que ele era pré-candidato à Presidência e queria apoio de Arraes", detalhou Magno, durante a noite de autógrafos.

Publicado pela editora Bagaço, o livro é o quinto na carreira do jornalista, que já foi secretário de Imprensa, editor e colunista de grandes jornais do Estado e do País entre eles: Diario de Pernambuco, Jornal de Brasília, Agência Meridional, Correio Brasiliense, O Globo, Agência O Globo e a Folha de Pernambuco.

"Magno é uma grande figura. Considero um jornalista diferenciado no plano regional e nacional. O livro é uma valiosa obra para as futuras gerações. É um homem que tem o sentimento do que é o Nordeste, do que é o Pajeú. Tenho privilégio de ser seu amigo. Passamos por muitas coisas juntas", ressaltou o presidente da Folha de Pernambuco e do grupo EQM, Eduardo Monteiro, com que fez parceria com Magno na criação em 1999 da Agência Nordeste e ontem prestigiou o lançamento do livro.

Além de "Histórias de Repórter", Magno Martins é autor das obras: "O Nordeste que deu certo", "O Lixo do Poder", "A derrota não anunciada" e "Reféns da Seca".

Veja também

Gilmar suspende inquérito contra desembargador que deu carteirada para não usar máscara
STF

Gilmar suspende inquérito contra desembargador que deu carteirada para não usar máscara

Governo desrespeita prazos, e Lewandowski cobra planos para Manaus e vacinação
Pandemia

Governo desrespeita prazos, e Lewandowski cobra planos para Manaus e vacinação