PL do Aborto

Lula cobra que base do governo no Congresso entre em campo contra PL do Aborto

A Câmara aprovou a urgência do projeto no último dia 12

Na avaliação de Lula, o governo precisa entrar no debate e mostrar posição contrária ao projetoNa avaliação de Lula, o governo precisa entrar no debate e mostrar posição contrária ao projeto - Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a criticar o projeto de lei (PL) que equipara o aborto realizado após 22 semanas de gestação ao crime de homicídio.

O presidente disse que tem defendido à bancada do governo no Congresso para tomar uma posição e ter a coragem" de debater e divergir.

"É de uma insanidade tão grande. O cidadão criar a ideia de que quem foi vítima do aborto ter pegar uma pena maior do que o cara que praticou o estupro é uma coisa impensável para uma pessoa de juízo perfeito", criticou o petista em entrevista à Rádio Mirante News FM, do Maranhão, nesta sexta-feira, 21.

Na avaliação de Lula, o governo precisa entrar no debate e mostrar posição contrária ao projeto.

"Tenho dito à bancada que defende o governo lá no Congresso Nacional que não podemos ficar receosos, temos que ter coragem de debater, discutir e divergir", comentou.

A Câmara aprovou a urgência do projeto no último dia 12.

A votação relâmpago aconteceu de modo simbólico e sem que o nome do projeto fosse citado pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), quando pautado no plenário. Alguns parlamentares nem sequer perceberam o que estava sendo votado. Houve reclamações sobretudo do PSOL, que é contrário à iniciativa.

Nos dias seguintes à aprovação, contudo, o governo tentou se manter distante da discussão para evitar um desgaste de ser atrelado a mais uma possível derrota no Congresso. Segundo relatos, porém, a influência da primeira-dama, Rosângela da Silva, conhecida como Janja, teria influenciado uma mudança de postura.
 

Veja também

Governo cria sistema de emissão de carteira nacional da pessoa com TEA
Decreto

Governo cria sistema de emissão de carteira nacional da pessoa com TEA

Datena vai ao Mercadão, come sanduíche de mortadela e brinca: "só venho em eleição"; veja vídeo
São Paulo

Datena vai ao Mercadão, come sanduíche de mortadela e brinca: "só venho em eleição"; veja vídeo

Newsletter