Lula diz estar tranquilo e sereno em quase 30 dias na prisão

Lula também disse que tem acompanhado os atos de solidariedade que a militância faz de manhã e de noite. Todos os dias, os manifestantes se reúnem para dar bom dia e boa noite ao ex-presidente

Lula falou durante quase uma hora após missa para Marisa LetíciaLula falou durante quase uma hora após missa para Marisa Letícia - Foto: Nelson Almeida/AFP

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em novo recado à militância, disse que está tranquilo e sereno. "Não sei se os acusadores dormem com a consciência tranquila que eu durmo", afirmou. O recado foi lido pelo Levante Popular da Juventude na vigília Lula Livre, em frente à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR), onde o ex-presidente está preso desde o dia 7 de abril.

"Amanhã completam-se 30 dias que estou aqui aguardando que o Moro e o TRF-4 digam qual crime eu cometi", disse o ex-presidente. No dia 5 de abril, o juiz Sergio Moro expediu seu mandado de prisão.

Leia também:
TRF4 nega pedido de visita de Ciro Gomes a Lula
Em carta a centrais sindicais, Lula agradece ‘solidariedade’ no 1º de maio
Delegado da PF quebra som de acampamento pró-Lula

No recado, repassado por seus advogados, o petista afirmou que é vítima de um conluio entre a imprensa e a força-tarefa da Lava Jato, "que não sabem como sair da emboscada que se meteram com tantas mentiras".

Lula também disse que tem acompanhado os atos de solidariedade que a militância faz de manhã e de noite. Todos os dias, os manifestantes se reúnem para dar bom dia e boa noite ao ex-presidente. "Não há nada no mundo que possa pagar o carinho que vocês têm demonstrado todo dia (...) A minha tranquilidade é porque eu tenho vocês."

Veja também

Centrão vira fiel da balança sobre permanência de Pazuello na Saúde
Saúde

Centrão vira fiel da balança sobre permanência de Pazuello na Saúde

Entidades católicas e evangélicas apresentam pedido de impeachment contra Bolsonaro
Governo Federal

Entidades católicas e evangélicas apresentam pedido de impeachment contra Bolsonaro