Lula orienta PT no Congresso a explorar caso Queiroz e Brumadinho contra Bolsonaro

A ordem do ex-presidente é explorar exatamente as ideias da equipe de Bolsonaro que, na avaliação dos petistas, têm impacto negativo na vida das pessoas

LulaLula - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ex-presidente Lula orientou o PT no Congresso a explorar o desastre de Brumadinho (MG) e o caso de Fabrício Queiroz, motorista e ex-assessor de Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), para desgastar o governo de Jair Bolsonaro.

Segundo a reportagem apurou com parlamentares que visitaram o petista em Curitiba às vésperas do início da nova legislatura, nesta sexta-feira (1º), Lula afirmou que é preciso centrar fogo nos episódios que complicaram a largada do novo governo.

Leia também:
Petistas protestam durante sessão da Câmara contra a prisão de Lula
Lula desiste de viagem a SP após enterro de irmão e irá encontrar familiares no PR


A ordem de Lula é explorar exatamente as ideias da equipe de Bolsonaro que, na avaliação dos petistas, têm impacto negativo na vida das pessoas. Por isso, o ex-presidente pediu que deputados e senadores do PT continuem com o discurso de que o novo governo retira direitos da população com medidas como a reforma da Previdência, principal bandeira da equipe econômica de Bolsonaro. Para os petistas, as mudanças na aposentadoria devem ser feitas após um debate com empresas e centrais sindicais.

Veja também

Bolsonaro manifesta solidariedade às vítimas de explosão no Líbano
Bolsonaro

Bolsonaro manifesta solidariedade às vítimas de explosão no Líbano

Ausências emitem sinais de dificuldades na oposição
CARLOS BRITTO

Ausências emitem sinais de dificuldades na oposição