Lula vira réu sob acusação de lavagem de dinheiro em ação da Lava Jato em SP

A reportagem procurou a defesa do ex-presidente, que ainda não se manifestou

LulaLula - Foto: pt, política

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se tornou réu sob acusação de lavagem de dinheiro, nesta sexta-feira (14), em um processo da Lava Jato em São Paulo.

Segundo a denúncia da força-tarefa do MPF (Ministério Público Federal), o ex-presidente usou sua influência para interferir em decisões do presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang, que favoreceram negócios do grupo ARG no país africano.
  
Em troca, a empresa doou R$ 1 milhão ao Instituto Lula, verba que teria sido repassada ao ex-presidente.

Segundo o MPF, também foi aceito pela Justiça Federal denúncia contra o controlador do grupo ARG, Rodolfo Giannetti Geo, sob acusação de lavagem de dinheiro e tráfico de influência em transação comercial internacional.

Como Lula tem mais de 70 anos, o crime de tráfico de influência prescreveu em relação a ele, mas não para o empresário.

A reportagem procurou a defesa do ex-presidente, que ainda não se manifestou.

Veja também

Auxiliares de Bolsonaro bombardeiam Ernesto por impasses com China e Índia
China/Índia

Auxiliares de Bolsonaro bombardeiam Ernesto por impasses com China e Índia

Após falhas na logística, Pazuello diz que entregou doses de vacina antes do planejado
Vacina

Após falhas na logística, Pazuello diz que entregou doses de vacina antes do planejado