Lupércio vai procurar governador

Segundo ele, “o momento é outro e os palanques já foram desmontados”

Prefeito eleito vai procurar Paulo Câmara em brevePrefeito eleito vai procurar Paulo Câmara em breve - Foto: João Bita/alepe

 

Apesar de não ter contado com o apoio do governador Paulo Câmara (PSB) no seu palanque, o deputado eleito à prefeitura de Olinda, professor Lupércio (SD), espera à ajuda do Campo das Princesas. Um dia após a vitória nas urnas, o deputado voltou aos trabalhos legislativos, na qual pretende seguir até o final do ano.

Lá, sinalizou que procurará o gestor estadual pelos próximos dias a fim de tratar de parcerias. Por integrar a base aliada no plano estadual, o deputado, que contou com apoio de integrantes da Frente Popular, considera que não terá dificuldade no trato com Câmara.
Segundo ele, “o momento é outro e os palanques já foram desmontados”. “Não tenho dúvida que o governo será um aliado nosso. O governador é uma pessoa do bem. Vejo nele o desejo de fazer muito mais para Pernambuco”, avaliou o deputado considerando que o resultado da eleição demonstrou a identificação da população com uma candidatura que tem “serviço prestado”.
Lupércio disse que apesar de positiva, a campanha só não foi melhor em virtude da judicialização do processo. Ele também antecipou que pretende iniciar uma série de visitas às secretarias de Olinda a partir da próxima semana. Sem precisar datas, falou que marcará uma reunião com o atual prefeito de Olinda, Renildo Calheiros (PCdoB), para falar sobre a situação da cidade que irá administrar a partir do próximo ano.
Ao ser questionado sobre o nome do novo secretariado que pretende formar, Lupércio disse que anunciará a sua equipe até o final de novembro e voltou a reforçar que não irá acomodar o PCdoB na sua gestão, enterrando de vez a tese de que o partido do atual prefeito estaria lhe apoiando. A ideia, segundo o deputado, é trazer para o seu governo “pessoas que tenham identidade com a cidade, técnica e cheiro do povo”.

 

Veja também

Abraham Weintraub é reeleito como diretor executivo no Banco Mundial por mais dois anos
Brasil

Abraham Weintraub é reeleito como diretor executivo no Banco Mundial por mais dois anos

Covas tem 26%, Russomanno, 20%, e Boulos e França empatam em terceiro, diz Ibope
SÃO PAULO

Covas tem 26%, Russomanno, 20%, e Boulos e França empatam em terceiro, diz Ibope