CPI da Covid

Mandetta rebate Guedes e diz que ministro da Economia é 'homem pequeno, desonesto intelectualmente'

O ex-ministro da Saúde afirmou que o ministro da Economia não merece estar no cargo

Ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique MandettaEx-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta - Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta atacou nesta terça-feira (4), em depoimento à CPI, o ministro da Economia, Paulo Guedes. Mandetta disse que Guedes é um "homem pequeno, desonesto intelectualmente" e que não merece estar no cargo.

A declaração foi feita após o ex-ministro ser questionado pela senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) sobre uma fala de Guedes de que Mandetta saiu com "R$ 5 bilhões no bolso" e que deveria ter aplicado em vacinas.

"Quando eu estive na Câmara, o recurso que a Câmara falou 'olha, nós temos aqui que, se for votado, que seria usado pelos parlamentares, nós vamos debater como fazer', e ele falou saiu com 5 bi e não comprou vacina", disse Mandetta. "Esse ministro não soube nem olhar o calendário para falar 'puxa, enquanto ele tava aqui nem vacina sendo comercializada no mundo havia'", completou.

Mandetta, porém, elogiou o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

"Esse, sim, ligava, perguntava, era extremamente atencioso e ajudou muito. Esse da economia não ajudou em nada. Pelo contrário, dizia 'já mandei o dinheiro, agora se livrem lá e vamos tocar a economia'. Talvez tenha sido uma das vozes que tenha influenciado o presidente", disse aos senadores.

Veja também

Marco Aurélio arquiva pedido de investigação contra Bolsonaro por cheques de Queiroz a Michelle
STF

Marco Aurélio arquiva pedido de investigação contra Bolsonaro por cheques de Queiroz a Michelle

Senado aprova projeto para suspender reajuste de medicamentos em 2021
Saúde

Senado aprova projeto para suspender reajuste de medicamentos em 2021