Manifestantes ocupam Esplanada e sindicato no ABC para acompanhar julgamento

O ex-presidente Lula chegou ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, pouco antes das 12h para acompanhar o julgamento

Esplanada dos Ministérios ocupada com protestantes pedindo 'Lula Livre'Esplanada dos Ministérios ocupada com protestantes pedindo 'Lula Livre' - Foto: Reprodução / Facebook

Os primeiros manifestantes começaram a chegar na manhã desta quarta-feira (4) à Esplanada dos Ministérios, para onde foram marcados atos a favor e contra o habeas corpus apresentado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao STF (Supremo Tribunal Federal).

As entidades de esquerda marcaram a concentração às 12h, em frente à Catedral de Brasília. Os movimentos contrários ao petista convocaram manifestantes a partir das 13h, em frente ao Congresso Nacional.

A Esplanada dos Ministérios está fechada para carros por conta dos protestos desde a 0h. Para evitar confrontos, a Secretaria de Segurança Pública de Brasília criou uma espécie de área de segurança para separar os movimentos.

Além de estarem afastados por grades, a Polícia Militar também estará posicionada entre os grupos. A expectativa é de que, no total, 20 mil pessoas compareçam à Esplanada.

Com receio de depredações, o Palácio do Planalto posicionará efetivos da Força Nacional ao redor da sede administração do Poder Executivo durante as manifestações.

Eles se posicionarão nas principais entradas para evitar invasões ou vandalismos. O acesso à Praça dos Três Poderes foi fechado, mas há a preocupação do GSI (Gabinete de Segurança Institucional) sobre falhas no bloqueio.

   São Bernardo do Campo

O ex-presidente Lula chegou ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, pouco antes das 12h para acompanhar o julgamento. O petista não falou com a imprensa.

Mais cedo, ônibus das caravanas pró-Lula chegaram ao local com gritos de "Lula, presente. Eterno presidente" e "Olê Olê olá, Lula, Lula".

 

Veja também

Câmara de Vereadores aprova projeto que proíbe acúmulo de funções de motorista e cobrador
Sem dupla função

Câmara de Vereadores aprova projeto que proíbe acúmulo de funções de motorista e cobrador

Estratégia de defesa de Flávio Bolsonaro une interesses de Lula e de ministros do STF e TCU
Rachadinhas

Estratégia de defesa de Flávio Bolsonaro une interesses de Lula e de ministros do STF e TCU