Márcio declara apoio e PSB chega unido ao congresso

Não haverá definição sobre candidatura presidencial, mas sacramenta-se que os socialistas defenderão o campo de centro-esquerda

Márcio-e-FrançaMárcio-e-França - Foto: Divulgação

De antemão, antes mesmo que se desse o Congresso Nacional do PSB, a ser realizado nos próximos dias 1, 2 e 3 de março, o vice-governador de São Paulo, Márcio França, já declarou apoio à reeleição do presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira. O aceno foi feito em dois dias consecutivos. Primeiro, França fez o gesto no último dia 21, durante jantar, em São Paulo, no qual reuniu-se com a cúpula socialista, incluindo o próprio Siqueira. No dia seguinte, em almoço com a bancada do PSB, também na presença de Siqueira, o vice-governador voltou a declarar apoio à recondução do atual presidente. Nos bastidores, uma cautela em relação à posição de Márcio vinha sendo externada na ala pernambucana em função de tensionamentos recentes que envolveram o senador Fernando Bezerra Coelho e dissidentes que deixaram o partido, os quais trabalhavam para que Márcio assumisse a presidência nacional. Havia quem estivesse com o pé atrás ainda sobre as chances de novo cabo de guerra se dar no partido em função de Márcio trabalhar para que o PSB apoie Geraldo Alckmin na corrida pelo Planalto. Mas o próprio vice-governador defendeu, no mesmo almoço, que o partido fique neutro nacionalmente. Posicionou-se, inclusive, a favor de "excepcionalizar" casos nos Estados. Em meio ao debate, recordou-se, na ocasião, o caso da candidatura presidencial de Eduardo Campos, quando, na Paraíba, o governador Ricardo Coutinho apoiou o PT. Mas, a despeito disso, Márcio cravou que apoiará a reeleição de Siqueira, em sinal de que assumir a presidência nacional já não é mais um determinante para suas articulações em São Paulo, onde concorrerá ao Governo do Estado. Dessa forma, o PSB chega em harmonia ao Congresso Nacional. Não haverá definição, por enquanto, sobre candidatura presidencial com a qual o partido marchará. Mas sacramenta-se, nas coxias, desde já, que os socialistas defenderão o campo de centro-esquerda.

Tucanos aguardam voo de Daniel
O etendimento nacional já está estabelecido: não terá como o PPS se enquadrar em alianças com o PSB e o PT junto. Isso gera dificuldades locais, como é o caso de Pernambuco. O comunicado oficial não foi feito ainda, mas, no tucanato, já se admite que o deputado federal Daniel Coelho vai se filiar às hostes pós-comunistas, num cenário em que o PPS deve mudar de nome.

Chegou chegando > Na avaliação de deputados pernambucanos, o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, já entrou "exercendo autoridade". Referem-se à demissão do diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia. Embora se avalie que a saída do diretor da Polícia Federal se deu em comum acordo com o Planalto após desgastes, um parlamentar observa: "Não se pode tirar o mérito de Raul".

Projeções > O perfil de Raul Jungmann vem sendo comparado ao de Aloysio Nunes, assim como são alvo de comparações as chances de os dois permanecerem na Esplanada, caso Geraldo Alckmin saia vitorioso na corrida pela Presidência da República.

Clã > Capitaneada pelo ex-vereador Romildo Gomes, a família Gomes começa a fazer uma migração para o PSC. Inicialmente, quem se filia é Rodrigo Gomes, que vai concorrer a deputado estadual. A família, tradicionalmente, era ligada ao DEM, depois ao PSD. Em 2014, Romildo Neto tentou, sem sucesso, uma cadeira de vereador.

TETO > O Conselho Nacional do MP determinou, em julgamento, que seja incluído no teto remuneratório as verbas indenizatórias do MPPE por funções de direção, coordenação e assessoramento ocupadas pelos promotores. O processo foi relatado pelo vice-presidente da OAB-PE, Leonardo Accioly. A medida implicará em corte na remuneração dos membros da gestão de Dirceu Barros.

 

Veja também

Marcos Pontes participa de evento sobre pesquisa da nitazoxanida
Saúde

Marcos Pontes participa de evento sobre pesquisa da nitazoxanida

YouTube bloqueia vídeo de campanha de Russomanno por desrespeitar direitos autorais da Fifa
SÃO PAULO

YouTube bloqueia vídeo de Russomanno com imagens da Fifa