Homenagem

Medalha Olegária Mariano: Cida Pedrosa condecora escritora e ativista Inaldete Pinheiro

Inaldete, escritora e militante do Movimento Negro, foi agraciada na Câmara dos Vereadores do Recife por iniciativa da parlamentar Cida Pedrosa (PCdoB)

Inaldete (à direita), ao lado da vereadora Cida Pedrosa, foi condecorada com a Medalha do Mérito Olegária MarianoInaldete (à direita), ao lado da vereadora Cida Pedrosa, foi condecorada com a Medalha do Mérito Olegária Mariano - Foto: Guga Matos

Por iniciativa da vereadora Cida Pedrosa (PCdoB), após provação em reunião plenária da Câmara de Vereadores do Recife, a escritora e militante do movimento negro Inaldete Pinheiro, foi condecorada com a Medalha do Mérito Olegária Mariano em solenidade realizada nesta sexta-feira (10). 

A Sessão Solene contou com a presença do presidente da Casa José Mariano, Romerinho Jatobá (PSB), além de amigos e admiradores da homenageada, entre eles a poeta Odailta Alves, que na ocasião recitou textos da escritora na tribuna. A convite de Cida Pedrosa, a vereadora Dani Portela (PSOL) presidiu a sessão.

 

Reconhecida como uma das fundadoras do Movimento Negro de Pernambuco, Inaldete, além de escritora é enfermeira e tem longa trajetória de contribuições no enfrentamento ao racismo, inclusive através da literatura.
 

Crédito: Guga Matos


É dela, por exemplo, a ideia de escrever histórias infantis sobre o assunto, em livros como “Cinco Cantigas para Você Contar” e “Pai Adão Era Nagô” - ambos publicados no final da década de 1980. Como pesquisadora, Inaldete Pinheiro - mestra em Serviço Social - também se dedica ao resgate da herança africana presente na formação da sociedade brasileira. 

Emocionada, Inaldete Pinheiro destacou o simbolismo de receber a Medalha no Dia Internacional de Direitos Humanos, citando como a garantia destes direitos ainda se encontra distante da realidade das populações vulnerabilizadas.

Já Cida Pedrosa, em seu discurso, reforçou a importância do momento, ressaltando a trajetória da homenageada. “Por toda uma vida dedicada aos serviços assistenciais, à educação e à luta pelos direitos das pessoas negras, Inaldete deve ostentar com dignidade e merecimento a Medalha de Mérito Olegária Mariano”. 

Veja também

Foro privilegiado: entenda as mudanças definidas pelo STF
SUPREMO

Foro privilegiado: entenda as mudanças definidas pelo STF

Boulos diz que serviço funerário de SP virou 'mercado da morte' e promete rever concessão
DECLARAÇÃO

Boulos diz que serviço funerário de SP virou 'mercado da morte' e promete rever concessão

Newsletter