Mendonça entra com ação contra propaganda do PT

Às vésperas da eleição, ministro recorreu à Justiça Eleitoral e à Comum contra guia petista

O palestrante convidado é Marcus André Melo, professor titular de Ciência Política da Universidade Federal de PernambucoO palestrante convidado é Marcus André Melo, professor titular de Ciência Política da Universidade Federal de Pernambuco - Foto: Divulgação

 

A três dias da eleição, mais um programa eleitoral do candidato à Prefeitura do Recife, João Paulo (PT), é alvo de judicialização. Desta vez, a denúncia veio do ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM), que entrou na Justiça Eleitoral e também na Justiça Comum contra uma propaganda do postulante que tem sido veiculada na televisão.
O vídeo do petista traz cartas de baralho com fotos do seu adversário Geraldo Julio (PSB), do presidente Michel Temer (PMDB), do ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), e também do ministro pernambucano. Na peça publicitária, ele afirma que o atual presidente é amigo de Cunha e que seu governo conta com o apoio do socialista e também de Mendonça, que “teria acabado com o Ciência sem Fronteiras e fechado vagas em projetos como Fies e Prouni”.

Por nota, o democrata criticou o guia do petista afirmando que os “ataques mentirosos seriam uma forma de confundir a população” e que a atitude de João Paulo “demonstra desespero ante mais uma grande derrota eleitoral dele e do PT”.

Mendonça afirmou ainda que o MEC não acabou com os programas que beneficiam estudantes de todo o País e tampouco cortou vagas no ensino superior, e garantiu que o Enem acontecerá normalmente nos dias 5 e 6 de novembro. Ainda segundo Mendonça, “João Paulo esconde no seu guia os companheiros petistas presos na Operação Lava Jato”, que segundo ele, fazem parte da “maior organização criminosa do País”.

Apesar da polêmica, na tarde de ontem, a propaganda foi postada na página oficial do petista, no Facebook, contrariando a acusação do democrata. João Paulo relativizou a situação. “Nosso debate não é com Mendonça, é discutindo a Cidade e algumas decisões do governo Temer que vão impactar na Cidade, na saúde, na educação e na geração de emprego e renda. Tudo que nós dissemos está publicado nos sites e jornais”, declarou o petista.

TRE-PE
Incomodado com o suposto tratamento enviesado que suas ações têm recebido pela juíza auxiliar da propaganda, Maria Auri Ribeiro, João Paulo (PT), questionou o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), desembargador Antônio Carlos Alves da Silva, em visita ao órgão, sobre o procedimento jurídico do processo eleitoral. O petista destacou que as representações do candidato adversário, Geraldo Julio (PSB), têm tido celeridade, o que pode desequilibrar o pleito em seu desfavor, e apontou algumas infrações que teriam ocorrido às vésperas e no dia da votação do primeiro turno.

 

Veja também

Marcos Pontes participa de evento sobre pesquisa da nitazoxanida
Saúde

Marcos Pontes participa de evento sobre pesquisa da nitazoxanida

YouTube bloqueia vídeo de campanha de Russomanno por desrespeitar direitos autorais da Fifa
SÃO PAULO

YouTube bloqueia vídeo de Russomanno com imagens da Fifa