Cargos

Michel Temer define nomes para a Justiça

Assim, Temer pretende conversar até a semana que vem com o ex-secretário de Segurança do Rio José Mariano Beltrame, do PMDB, sobre a possibilidade de ele assumir o posto.

Carlos Velloso foi escolhido para comandar o ministérioCarlos Velloso foi escolhido para comandar o ministério - Foto: Erivelton Viana

 

Após escolher o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Carlos Velloso, para assumir o Ministério da Justiça, o presidente Michel Temer afirmou, ontem, que a Secretaria de Segurança Pública continuará sob o comando da pasta. Para turbinar a estrutura governamental, o Palácio do Planalto avaliava vinculá-la à Casa Civil ou à própria Presidência da República, mas mantendo o status de secretaria. Assim, Temer pretende conversar até a semana que vem com o ex-secretário de Segurança do Rio José Mariano Beltrame, do PMDB, sobre a possibilidade de ele assumir o posto.
Carlos Velloso foi indicado pelo PSDB, principal aliado da gestão peemedebista, e contempla o perfil “inquestionável” buscado - um nome que não passe a mensagem pública da possibilidade de interferência na Lava Jato.
Velloso já demonstrou disposição de assumir o cargo. Caso ele recue de última hora, contudo, Temer avalia o nome do vice-procurador-geral da República, José Bonifácio de Andrada. Na quarta, o presidente se encontrou com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Tanto Velloso como Beltrame só devem tomar posse após a aprovação do nome de Alexandre de Moraes para o STF pelo plenário do Senado. A expectativa é que isso ocorra na semana que vem.

 

Veja também

Projeto que revoga lei da ditadura prevê punir tentativa de incitar Forças Armadas contra outros Pod
Segurança Nacional

Projeto que revoga lei da ditadura prevê punir tentativa de incitar Forças Armadas contra outros Pod

Supremo decide manter em Brasília casos de Lula retirados da Lava Jato de Curitiba
STF

Supremo decide manter em Brasília casos de Lula retirados da Lava Jato de Curitiba