Michel Temer se entrega à Polícia Federal

Local que Temer e o coronel Lima ficarão presos será decidido pela juíza federal substituta da 7ª Vara Federal Criminal, Caroline Figueiredo

Ex-presidente Michel TemerEx-presidente Michel Temer - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O ex-presidente da República Michel Temer se apresentou na tarde desta quinta-feira (9) à Polícia Federal. O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) pediu nessa quarta-feira (8) a suspensão dos habeas corpus do medebista e do coronel João Baptista Lima Filho que os mantinham em liberdade.

O local que Temer e o coronel ficarão presos será decidido pela juíza federal substituta da 7ª Vara Federal Criminal, Caroline Figueiredo. O advogado do ex-presidente, Eduardo Pizarro Carnelós, deverá recorrer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) nesta quinta.

Leia também:
Michel Temer e Moreira Franco são presos pela Lava Jato
'Vou para o enfrentamento público e não existe crime de amizade', diz Temer em entrevista

Temer e coronel Lima haviam sido presos em 21 de março, durante a Operação Descontaminação, por ordem do juiz Marcelo Bretas e foram libertados no dia 25 do mesmo mês por decisão liminar provisória do desembargador Antonio Ivan Athié, do TRF2. A investigação diz respeito às obras da usina nuclear de Angra 3, operada pela Eletronuclear, em que teria havido desvios de R$ 1,8 bilhão. A acusação é pelos crimes de corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Veja também

Petistas estimulam tese fantasiosa de que facada de Adélio em Bolsonaro foi forjada
Política

Petistas estimulam tese fantasiosa de que facada de Adélio em Bolsonaro foi forjada

Omar Aziz propõe agenda de depoimentos para a próxima semana
CPI da Covid

Omar Aziz propõe agenda de depoimentos para a próxima semana