TCU

Ministra Ana Arraes é eleita presidente do Tribunal de Contas da União

A ministra ocupa o cargo pelo próximo ano, com chance de reeleição

Ministra Ana ArraesMinistra Ana Arraes - Foto: TCU

A ministra Ana Arraes foi eleita, na terça-feira (1°), a nova presidente do Tribunal de Contas da União. Com o mandato de um ano, ela assume o cargo tendo o ministro Bruno Dantas como vice-presidente e corregedor do tribunal.

Pernambucana, ela toma posse do cargo na próxima quinta-feira (10), em cerimônia virtual, mas só inicia o exercício da gestão em 1º de janeiro de 2021. Ao fim do mandato, tem a chance de reeleição por mais um ano. A ministra tomou posse em 2011, quando ocupava o cargo de deputada federal por Pernambuco. 

Ela ocupava o cargo de vice-presidente de instituição e agora substituirá o atual presidente e também pernambucano José Múcio, que deixa o TCU pois irá se aposentar.

Ana Arraes é a segunda mulher a ocupar a presidência da corte. Desde 1893,  apenas Elvia Lordello Castello Branco ocupou o cargo (em 1994). “Sinto-me honrada por elevar a participação feminina nas tomadas de decisão e pretendo inspirar outras mulheres a alcançarem espaços como este”, afirmou a ministra em discurso. 

A lista de sucessão do TCU prevê que o presidente eleito seja o mais antigo da corte, que ainda não tenha assumido o posto. O TCU é formado por nove ministros e quatro ministros-substitutos. Para a eleição, o quórum mínimo necessário é de cinco ministros.

A nova presidente do TCU é filha do ex-governador de Pernambuco Miguel Arraes e avó do prefeito eleito de Recife, João Campos (PSB).

Veja também

Centrão vira fiel da balança sobre permanência de Pazuello na Saúde
Saúde

Centrão vira fiel da balança sobre permanência de Pazuello na Saúde

Entidades católicas e evangélicas apresentam pedido de impeachment contra Bolsonaro
Governo Federal

Entidades católicas e evangélicas apresentam pedido de impeachment contra Bolsonaro