Ministro das Cidades reassumirá mandato de deputado para votar PEC do Teto

Na semana passada, Bruno Araújo e mais dois ministros reassumiram o mandato parlamentar

Ministro das Cidades, Bruno AraújoMinistro das Cidades, Bruno Araújo - Foto: Domingos Tadeu/ Agência Brasil

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, foi exonerado nesta quinta-feira (20) pelo presidente Michel Temer e vai reassumir o mandato de deputado federal na Câmara dos Deputados para votar no segunto turno da proposta que cria um teto para os gastos públicos. A votação está prevista para a na semana que vem.

A exoneração foi publicada, há pouco, em edição extra do Diário Oficial da União. De acordo com a Secretaria de Governo, Bruno Araújo retorna ao comando do ministério logo após a votação.

Na semana passada, Bruno Araújo e mais dois ministros (Fernando Coelho Filho, de Minas e Energia, e Marx Beltrão, do Turismo) reassumiram o mandato parlamentar, para a votação em primeiro turno da proposta. Nesta semana, o ministro da Defesa, Raul Jungmann, deixou o cargo e reassumiu no dia seguinte.

Veja também

Decisão do TRE-PE de suspender campanha de rua em Pernambuco abre um novo momento das eleições
Eleições 2020

Decisão do TRE-PE de suspender campanha de rua em Pernambuco abre um novo momento das eleições

Eleições 2020: candidatos agora só podem ser presos em flagrante
Política

Eleições 2020: candidatos agora só podem ser presos em flagrante