Regulamentação

Moraes volta a defender regulamentação das redes sociais

Ministro diz que milícias digitais atuam para desacreditar Judiciário

Alexandre de Moraes, ministro do STFAlexandre de Moraes, ministro do STF - Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes voltou a defender, nesta segunda-feira (26), a regulamentação das redes sociais. O ministro participou da aula de recepção aos calouros da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP).

Na palestra, Alexandre de Moraes afirmou que milicias digitais atuam para desacreditar o Judiciário e as eleições.

"Não podemos cair nesse discurso fácil de que regulamentar as redes sociais é ser contra a liberdade de expressão. Isso é um discurso mentiroso e que pretende propagar e continuar propagando discurso de ódio. O que não pode no mundo real, não pode no mundo virtual", afirmou.

Moraes também acrescentou que as redes sociais são "terra sem lei".

"Não podemos nos enganar. Não podemos baixar a guarda. Não podemos dar uma de Bambam contra Popó, que durou 36 segundos. Temos que ficar alertas e fortalecer a democracia e as instituições. Regulamentar o que precisa ser regulamentado", completou.

Moraes é relator do inquérito que apura a atuação de milicias digitais durante o governo de Jair Bolsonaro e das principais investigações contra o ex-presidente, como o caso das joias sauditas, suposta fraude de cartões de vacina e os processos sobre a suposta tentativa de golpe de Estado.

Veja também

Brasil precisa de "mais testosterona", diz Nikolas Ferreira em ato pró-Bolsonaro no Rio
ato no rj

Brasil precisa de "mais testosterona", diz Nikolas Ferreira em ato pró-Bolsonaro no Rio

Em ato, deputado discursa em inglês para defender liberdade "porque Elon Musk está olhando"
Ato no RJ

Em ato, deputado discursa em inglês para defender liberdade "porque Elon Musk está olhando"

Newsletter