A-A+

BRASIL

Moro se reúne com cúpula do Podemos e deixa decisão sobre candidatura para depois de novembro

Cortejado pelo partido como nome da terceira via, ex-juiz estimou para novembro início da decisão sobre disputar eleições ele cogita se lançar ao Planalto ou ao Sendo

Sérgio Moro, ex-ministro da JustiçaSérgio Moro, ex-ministro da Justiça - Foto: Isaac Amorim/MJSP

Leia também

• STF impõe nova derrota a Moro e Lava Jato ao mandar caso de Cunha para Justiça Eleitoral

Cotado para disputar a eleição pela chamada “terceira via”, Sergio Moro desembarcou no Brasil na quinta-feira para iniciar as tratativas sobre o pleito de 2022.

Aos políticos com os quais já conversou, o ex-juiz da Lava-Jato deu um prazo para poder detalhar suas pretensões políticas: novembro, quando encerra o contrato de consultoria com a empresa Alvarez & Marsal, nos Estados Unidos.

Moro se reuniu com representantes do Podemos, em Curitiba. Amanhã, o ex-ministro da Justiça terá um encontro com Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS), ex-ministro da Saúde, em São Paulo.

Ambos deixaram o governo após embates com Jair Bolsonaro e estão cotados para buscar os votos dos descontentes tanto com o atual presidente quanto com o ex Luiz Inácio Lula da Silva, líderes nas pesquisas de intenção de voto.

Enquanto Mandetta é uma das apostas do DEM, que encaminhou a fusão com o PSL, Moro é cortejado por partidos como o Podemos, que lançou o senador Álvaro Dias (PR) na última eleição ao Planalto.

Veja também

Doria acusa Leite de estar reclamando e chorando sobre suspeita em prévias do PSDB
Prévias

Doria acusa Leite de estar reclamando e chorando sobre suspeita em prévias do PSDB

Câmara aprova projeto que institui o Estatuto da Pessoa com Câncer
Câmara dos Deputados

Câmara aprova projeto que institui o Estatuto da Pessoa com Câncer