'Movimentos veem com simpatia PT na Agricultura', diz Humberto

O Senador e Paulo Câmara já iniciaram as conversas

Em entrevista à coluna digital No Cafezinho, Humberto Costa registra que já teve chance de iniciar as conversas com Paulo Câmara sobre o espaço do PT no secretariadoEm entrevista à coluna digital No Cafezinho, Humberto Costa registra que já teve chance de iniciar as conversas com Paulo Câmara sobre o espaço do PT no secretariado - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco)

O governador Paulo Câmara já manifestou ao senador Humberto Costa o desejo de que o PT faça parte de seu governo. O petista, por sua vez, externou que seu partido também compartilha dessa intenção. Segundo Humberto, o PT e os movimentos sociais "tem uma presença importante na área de agricultura familiar...a Fetape, o MST, outros movimentos”. Ele detalha: "Nós sentimos que esses movimentos veem com simpatia a possibilidade de essa secretaria estar na esfera do PT e dos movimentos". Refere-se à pasta de Agricultura, mas sugere a hipótese de adoção de um novo formato a ser adotado pela administração do PSB. "Inclusive, não sei qual vai ser o desenho final, se vamos ter um Secretaria de Agricultura e uma Secretaria de Desenvolvimento Agrário ou se, nessa secretaria de Desenvolvimento Agrário, estaria também uma área relativa ao Agronegócio, vamos dizer assim", pondera o petista. Na semana passada, no dia da diplomação dos eleitos, Humberto jantou no Campo das Princesas, como a coluna publicou com exclusividade. Além dele e de Paulo, foram à mesa na ocasião, ainda, Luciana Santos, Antônio Figueira e Nilton Mota. O menu principal foi recheado de amenidades, até mesmo de alguma comemoração do resultado da Frente Popular nas urnas. Mas Humberto e Paulo tiveram oportunidade de conversar um pouco antes. E, aí, a arrumação política foi à mesa. O petista questionou o governador se a ideia era fazer apenas ajustes na atual composição ou se seria, na prática, um novo governo. "Ele deixou claro que gostaria de fazer um governo com a sua cara e eu coloquei que seria interessante para nós, se nós tivéssemos uma ideia de onde ele acha que a gente pode contribuir mais com o Governo do Estado", relatou Humberto, em entrevista a esta colunista e à Carol Brito na coluna digital No Cafezinho, que vai ao ar, hoje, no Blog, nas redes sociais e no Youtube da Folha de Pernambuco.

Lacuna na Alepe pesa
Quando Manoel Santos faleceu, os movimentos da agricultura familiar do Estado sentiram bastante, segundo Humberto Costa. "Ficaram quatro anos sem um representante (na Alepe). Hoje, não sei se eles estão dispostos a abrir mão disso ou acham que ter a secretaria é mais importante", considera Humberto Costa.

Balança > A lembrança de Manoel Santos vem após Humberto ser indagado sobre o nome de Doriel Barros, ex-presidente da Fetape, que vem sendo ventilado, nas coxias, como opção a ser convocada por Paulo Câmara.

PTXPDT > Humberto fez as colocações um dia depois de o governador Paulo Câmara ir até o presidente estadual do PDT, Wolney Queiroz, em Brasília, como a coluna registrou ontem. O PDT comanda, hoje, a pasta de Agricultura, da qual trata Humberto.

Tamo junto > Ainda na campanha eleitoral, o MST promoveu ato de apoio ao deputado Wolney Queiroz. O governador Paulo Câmara participou. Embora os pedetistas estivessem no palanque de Maurício Rands, tiveram espaço mantido no 1º escalão.

Detalhe > No dia do referido ato com o MST em Caruaru, Paulo Câmara usava uma praguinha de Wolney Queiroz na camisa. O PDT tem enaltecido a relação com os movimentos.

Geraldo...> O prefeito Geraldo Julio não descarta promover modificações na administração municipal de forma a colaborar com o novo formato do secretariado de Paulo Câmara. "Estou à disposição, sim, para a gente combinar”, informa Geraldo.

...colabora > “Pode haver modificações também, naturalmente, na prefeitura", assinalou Geraldo em entrevista à CBN Recife ontem.

Veja também

Criticado por postura na pandemia, Bolsonaro faz passeio de motocicleta em Brasília
Planalto

Criticado por postura na pandemia, Bolsonaro faz passeio de motocicleta em Brasília

Após esquerda, grupos à direita promovem carreatas contra Bolsonaro
Impeachment

Após esquerda, grupos à direita promovem carreatas contra Bolsonaro