Mulher de Cunha será interrogada por Moro na quinta-feira

Cláudia Cruz responde por lavagem de dinheiro e evasão de divisas; ela é acusada de ser beneficiária de contas ilícitas na Suíça

A expectativa é de que Armando Monteiro (PTB) seja a cabeça de chapa.A expectativa é de que Armando Monteiro (PTB) seja a cabeça de chapa. - Foto: Ana Luiza Sousa/Divulgação

A jornalista Cláudia Cruz, mulher do ex-deputado Eduardo Cunha, será interrogada pelo juiz federal Sérgio Moro quinta-feira (16), às 14h, na sede da Justiça Federal em Curitiba. Cláudia prestará depoimento na ação penal a que responde pelos crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Ela é acusada de ser beneficiária das contas atribuídas ao ex-deputado na Suíça.

Na audiência, Cláudia Cruz poderá ficar em silêncio e optar por não responder às perguntas do juiz e do representante do Ministério Público. De acordo com a Constituição, um investigado não é obrigado a produzir provas orais ou materiais contra si.

Em junho, Moro recebeu denúncia apresentada pela força-tarefa de procuradores da Operação Lava Jato contra Cláudia Cruz e outros investigados que viraram réus. A denúncia é vinculada à ação penal a que Cunha responde por não ter declarado contas no exterior, que também será julgada por Sérgio Moro.

Cunha está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde o dia 19 de outubro.

Veja também

PGR pede que Supremo apure eventual crime de homofobia de Milton Ribeiro
Investigação

PGR pede que Supremo apure eventual crime de homofobia de Milton Ribeiro

Domingo marca o início oficial de campanha eleitoral. Confira a agenda dos candidatos a prefeito
blog da folha

Domingo marca o início oficial de campanha eleitoral. Confira a agenda dos candidatos a prefeito