Na Câmara, briga é pela 1ª secretaria

Nos bastidores, parlamentares confirmam a reeleição de Eduardo Marques (PSB) para o posto de presidente da Casa José Mariano

Verador Eduardo MarquesVerador Eduardo Marques - Foto: Paullo Allmeida/Arquivo Folha

Com a proximidade da eleição para a Mesa Diretora na Câmara do Recife, os parlamentares já começam as movimentações para costurar seus apoios internos na disputa por um cargo no comando da Casa. Desta vez, a cobiça dos vereadores está voltada para o cargo de primeiro-secretário, já que o atual titular, vereador Marco Aurélio (PRTB), não concorrerá a reeleição por ter sido eleito para a Assembleia Legislativa de Pernambuco. Nos bastidores, parlamentares confirmam a reeleição do vereador Eduardo Marques (PSB) para o posto de presidente da Casa José Mariano. Na ocasião, o bloco de oposição lançará ainda, o vereador Rinaldo Júnior (PRB) na disputa pela a presidência.

Entre os cotados para disputar o cargo de primeiro-secretário estão os vereadores Aerto Luna (PRP), que já é presidente da comissão de Legislação e Justiça da Casa, Romerinho Jatobá (PROS), que atualmente é suplente de secretário, e Aline Mariano (PP), ex-líder do governo. No caso de Aline, caso seja realmente indicada e eleita, vai ser a primeira mulher a ocupar um dos cargos mais importantes da Mesa Diretora no Recife.

Leia também:
Câmara do Recife aprova projeto para instituir março como mês de Conscientização sobre a Microcefalia
Ex-vereador de Jaboatão é assassinado a tiros no Curado II

No entanto, nas coxias, comenta-se que o nome a ser ungido por Marco Aurélio, é o de Romerinho Jatobá. Sobre o assunto, Aurélio ressaltou apenas que deve apoiar “o candidato que tiver mais apoio da Casa”. De acordo com o vereador Carlos Gueiros, primeiro vice presidente da Comissão Executiva da Casa, o regimento interno indica que a eleição deve acontecer até o dia 30 de novembro. Gueiros também negou que irá disputar o comando da casa e afirmou que deve continuar na mesa como primeiro vice-presidente.

Apesar de ainda não ter sido oficializada a data, “a votação deve ser na quarta-feira dia 28 de novembro”, como confirmou um parlamentar em reserva.

Veja também

Bolsonaro tem aprovação menor do que ex-presidentes que enfrentaram escândalos
GOVERNO FEDERAL

Bolsonaro tem aprovação menor do que ex-presidentes que enfrentaram escândalos

Miguel Coelho fortalece projeto para 2022
Edmar Lyra

Miguel Coelho fortalece projeto para 2022