Não há hoje ninguém que me venda um projeto de país claro, diz Luciano Huck

Huck afirmou que seu desejo de contribuir com o país nunca foi um projeto pessoal e nunca vai ser -em uma referência às mobilizações para que se candidatasse

O apresentador Luciano Huck (PPS) faz doações para campanhas de correligionários O apresentador Luciano Huck (PPS) faz doações para campanhas de correligionários  - Foto: Reprodução/ Facebook

Não é possível enxergar nessas eleições ninguém que venda um projeto de país claro, disse o apresentador Luciano Huck nesta segunda-feira (27).  Huck, cuja candidatura à presidência chegou a ser sugerida, disse também que as próximas eleições serão muito "delicadas".

"As pessoas não vão votar em pessoas, mas em sentimentos, em como enxergam sua realidade, e em alguém que passe uma imagem que venha se conciliar com o que ela está sentindo", disse o apresentador no evento "Você Muda o Brasil", um grupo de empresários que discute perspectivas para o país.

Huck afirmou que seu desejo de contribuir com o país nunca foi um projeto pessoal e nunca vai ser -em uma referência às mobilizações para que se candidatasse. "É uma convocação geracional, disse, ao ressaltar que pessoas da sua geração hoje presidem bancos, são empreendedores de sucesso e ministros do STF (Supremo Tribunal Federal).

Leia também:
Luciano Huck reafirma simpatia por Marina e Alckmin em jantar com ex-senadora
Presidenciáveis com cofre cheio: Amoêdo e Meirelles impulsionaram cifras

Segundo Huck, quando ele trouxe as suas preocupações à tona, "o holofote virou pra mim de um jeito que eu não estava acostumado e eu falei, beleza, vamos tentar, vamos ajudar e contribuir", disse. No mesmo evento, a empresária Luiza Trajano, presidente do conselho do Magazine Luiza, disse que é preciso ter cuidado para não se iludir: somente a pressão da sociedade civil é que vai provocar mudanças significativas e isso não poderá ser feito por outra via que não seja a política.

Veja também

Não tenho dúvida nenhuma de que Pazuello cometeu crime, diz Maia
Saúde

Não tenho dúvida nenhuma de que Pazuello cometeu crime, diz Maia

Bolsonaro diz que China liberou insumos para produção da Coronavac no Brasil
Vacina

Bolsonaro diz que China liberou insumos para produção da Coronavac no Brasil