Nelson Teich pede mais tempo a governadores do Nordeste

Primeira reunião dos governadores da região com o ministro foi realizada na última segunda-feira (20), como a coluna antecipara

[610] nelson teich[610] nelson teich - Foto: Reprodução / YouTube

Após a reunião, realizada na última segunda-feira (20), com governadores do Nordeste, o ministro da Saúde, Nelson Teich, como a coluna cantara a pedra, havia marcado novo encontro com os gestores para esta quinta-feira (23). A agenda, no entanto, foi cancelada pelo ministro, que pediu mais tempo para analisar os relatórios.

Como registramos na última quarta-feira (22), um dia após ter a primeira reunião com Nelson Teich, o governador Paulo Câmara tratou de finalizar, ao longo da terça-feira (21), um relatório sobre a situação da Covid-19 em Pernambuco, conforme solicitado pelo novo titular da Saúde.

Teich pediu a todos os gestores do Nordeste que enviassem materiais para análise. Não aprofundou a conversa sobre nenhuma tomada de decisão e havia agendado uma nova rodada de ausculta para esta quinta-feira (23). A oportunidade de diálogo se destinaria às respostas de Teich em relação às demandas dos governadores.

A primeira entrevista de Teich desde que tomou posse, na última sexta-feira (17), se deu na quarta-feira (22). Teich, foi indagado sobre relaxamento do isolamento. O ministro disse o seguinte: "Não tenho como te dar isso agora. Daqui a uma semana, a gente entrega diretriz completa depois dos ajustes". Teich argumentou que o Brasil é "heterogêneo" e que uma diretriz vai precisar ser "customizada" de acordo com os diferentes estados. O titular da Saúde já havia sido questionado sobre o tema na última segunda-feira durante reunião com os governadores do Nordeste.

Como a coluna antecipou, nesta quinta-feira (23), o governador Paulo Câmara já declarou que, não tem como flexibilizar o isolamento no momento. "Aumenta a pressão, mas sem respiradores e com o aumento do número de casos, não temos como flexibilizar no momento!", assinalou o socialista.

Veja também

Bolsonaro usa helicóptero fora da agenda e, sem máscara, provoca aglomeração em cidade goiana
Presidente

Bolsonaro usa helicóptero fora da agenda e, sem máscara, provoca aglomeração em Goiás

Contra Lula, Bolsonaro busca eleitor conservador e retórica anticorrupção
BRASIL

Contra Lula, Bolsonaro busca eleitor conservador e retórica anticorrupção