Eleições 2020

Nem eu nem o PSL sairemos menores da eleição, diz Joice Hasselmann

A candidata afirmou ser representante da 'direita raiz' e criticou seus adversários

Joice Hasselmann (PSL-SP)Joice Hasselmann (PSL-SP) - Foto: José Cruz/Agência Brasil

Com 1% de intenção de votos na última pesquisa Datafolha, divulgada no último dia 22, a deputada federal Joice Hasselmann (PSL) afirmou em sabatina da Folha e do UOL, nesta quarta-feira (28), que nem ela nem o partido vão sair menores de sua candidatura à Prefeitura de São Paulo.

"Eu não vou sair menor e meu partido muito menos vai ser menor. Vamos reposicionar o PSL como ele é, direita raiz e não capacho bolsonarista", afirmou Joice.

Ainda hoje o PSL em São Paulo é dividido entre Joice e seus aliados, como o senador Major Olimpio e o deputado federal Júnior Bozzella, presidente estadual da legenda, e a ala bolsonarista, que reivindicava a candidatura em São Paulo, mas perdeu.

Para Joice, uma derrota dela em São Paulo não vai favorecer os bolsonaristas. "Esse malucos serão cada vez mais ridicularizados. [...] Eu me afastei porque são um bando de doidos", disse a candidata, rechaçando ideias como fechamento do Congresso e ameaças ao Supremo Tribunal Federal.
 

A candidata afirmou ser representante da direita raiz e criticou seus adversários. Segundo ela, "o PSDB esculhambou São Paulo", Russomanno é "antiempreendedor", Arthur do Val é representante de uma direita de "molecada" que quer "lacrar na internet" e os demais são "50 tons de esquerda".

Joice cobrou ainda a promessa do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de que daria "voadoras" em quem praticasse corrupção em seu governo em relação ao ministro Marcelo Álvaro Antônio (Turismo), denunciado pelo esquema de candidaturas laranjas do PSL na eleição de 2018.

O ministro segue no cargo e no partido. "Eu dizia para imprensa: que ele seja demitido e expulso da minha legenda. Eu não passo a mão na cabeça de picareta", afirmou Joice. Em seguida, a candidata defendeu o presidente do PSL, Luciano Bivar, que foi indiciado, mas ainda não denunciado no mesmo caso.

Ela afirmou ainda que a frase de Bivar de que "política não é muito da mulher" foi uma "bobagem".

Joice afirmou ainda que vai acabar com o que chama de máfia dos transportes em São Paulo e, com isso, irá economizar dinheiro para bancar sua proposta de descontos no IPTU. A candidata pretende cortar 20% do valor do IPTU de todos os moradores da cidade e dar descontos ainda maiores a imóveis comerciais.

Também quer congelar o valor do IPTU em 2022 e 2023 e renegociar dívidas de IPTU decorrentes da pandemia do coronavírus, permitindo a comerciantes pagarem de forma parcelada ao longo dos próximos anos.

Joice é jornalista, escritora e deputada federal -foi a segunda mais votada em 2018, com mais de 1 milhão de votos, ficando atrás de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), com 1,8 milhão.

Veja também

Facebook exclui 140 mil conteúdos durante a campanha eleitoral no primeiro turno
eleições

Facebook exclui 140 mil conteúdos durante a campanha eleitoral no primeiro turno

Juiz inocenta Dario Messer por crime que doleiro confessou em delação de junho
justiça

Juiz inocenta Dario Messer por crime que doleiro confessou em delação de junho