Novo governo retira letreiro do Ministério do Trabalho, agora extinto

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) reduziu o número de pastas de 29 para 22 em seu primeiro decreto quando tomou posse

Esplanada dos MinistériosEsplanada dos Ministérios - Foto: Arquivo/Agência Brasil

Os letreiros dos prédios da Esplanada dos Ministérios começaram a ser removidos pelo novo governo. O presidente Jair Bolsonaro (PSL) reduziu o número de pastas de 29 para 22 em seu primeiro decreto ainda no dia 1º, quando tomou posse.

Na manhã desta quarta (3), homens trabalhavam na remoção do letreiro do Ministério do Trabalho, que foi extinto. Suas funções foram incorporadas pelas pastas de Cidadania, Economia e Justiça.

Leia também:
Fotos de Temer são retiradas do Palácio do Planalto

Foram extintos ainda os ministérios de Segurança Pública (incorporado pela Justiça) e Planejamento (incorporado pela Economia), por exemplo.

Também deixam de existir Indústria, Comércio Exterior e Serviços; Cidades; Integração Nacional; Desenvolvimento Social; Esportes e Cultura -o que ensejará a reconfiguração dos prédios e letreiros da Esplanada.

Entre os nomes escolhidos por Bolsonaro para seu ministério, estão seis militares.

Veja também

Acusado de rifar Temer, Pacheco busca sair da sombra de Alcolumbre
Senado

Acusado de rifar Temer, Pacheco busca sair da sombra de Alcolumbre

Tebet modulou postura independente e combativa para romper resistências
Senado

Tebet modulou postura independente e combativa para romper resistências