'O gigante ainda não acordou', diz Flávio Rocha ao desistir de candidatura

'O gigante ainda não acordou, os 98% que trabalham, que suam a camisa, pagam impostos e puxam a carruagem do governo ainda não acordaram', afirma ele

Flávio Rocha, presidente da RiachueloFlávio Rocha, presidente da Riachuelo - Foto: Mandy Oliver/Folha de Pernambuco

Flávio Rocha (PRB-SP), que retirou candidatura à Presidência da República, diz que não vai declarar apoio a ninguém, por enquanto, para a sucessão de Michel Temer.

"O gigante ainda não acordou, os 98% que trabalham, que suam a camisa, pagam impostos e puxam a carruagem do governo ainda não acordaram", afirma ele, que em três meses de pré-campanha não conseguiu passar de 1% da preferência do eleitorado, segundo o Datafolha.

Leia também:
Flávio Rocha, que elogia a Lava Jato, doou para investigados
Flávio Rocha desiste de ser candidato à Presidência


"Lutamos o bom combate, mas não deu. Não vamos insistir numa luta quixotesca. Decidi então liberar o partido [para que apoie outro candidato]", afirma.

"Eles [integrantes do PRB] foram super firmes, queriam manter a candidatura. Mas nós consideramos que era a hora de liberar o partido e de eu me ausentar", afirma.

Veja também

Governo Doria multa Bolsonaro por não usar máscara em motociata em São Paulo
São Paulo

Governo Doria multa Bolsonaro por não usar máscara em motociata em São Paulo

Concentração para 'motociata' com Bolsonaro reúne milhares em SP
Protesto

Concentração para 'motociata' com Bolsonaro reúne milhares em SP