Os cenários para a possível soltura de Lula

Liberação do ex-presidente Lula depende de despacho da Justiça Federal da primeira instância

LulaLula - Foto: Divulgação

Uma eventual soltura do ex-presidente Lula, a partir da decisão do ministro do Supremo Marco Aurélio Mello, ainda depende de despacho da Justiça Federal da primeira instância, que administra o cumprimento da pena no Paraná. A liberação do ex-presidente também só ocorrerá caso a iniciativa de Marco Aurélio não seja revista pelo próprio Supremo.

Leia também
PT avalia que Toffoli pode suspender decisão de soltar Lula
Petição de soltura de Lula dispensa exame de corpo de delito, diz Gleisi Hoffmann
Defesa pede liberdade de Lula após decisão do Supremo


Cenário Lula Liberado
- A defesa de Lula pretende peticionar ainda nesta quarta (19) à primeira instância a liberação de Lula com base na liminar de Marco Aurélio.

- A 12ª Vara Federal do Paraná, responsável pelo dia a dia da pena de Lula, informou na tarde desta quarta que ainda não recebeu nenhuma informação do Supremo sobre a decisão do ministro. Um dos juízes da Vara deve ser o responsável por eventual ordem de soltura.

Cenário de Revisão da Medida
- A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, informou que já estuda recurso contra a decisão liminar de Marco Aurélio.

- Esse recurso precisaria ser analisado no próprio Supremo Tribunal Federal, possivelmente pelo presidente da corte, Dias Toffoli. Com o recesso do Judiciário a partir desta quinta-feira (20), Toffoli e o ministro Luiz Fux vão se revezar em esquema de plantão no STF até o dia 13 de janeiro.

- Outro cenário possível seria a revisão da liminar após a soltura de Lula.

Veja também

Criticado por postura na pandemia, Bolsonaro faz passeio de motocicleta em Brasília
Planalto

Criticado por postura na pandemia, Bolsonaro faz passeio de motocicleta em Brasília

Após esquerda, grupos à direita promovem carreatas contra Bolsonaro
Impeachment

Após esquerda, grupos à direita promovem carreatas contra Bolsonaro