Padilha diz que indicação para o Trabalho 'possivelmente' continua com o PTB

Para ele, os últimos anos dos governos federais são marcados pelo “encolhimento” dos ministérios em virtude da saída de ministros para concorrer a cargos eletivos

Eliseu Padilha ao lado de Romero JucáEliseu Padilha ao lado de Romero Jucá - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse nesta quarta-feira (21) que a indicação para ministro do Trabalho “possivelmente” continuará com o PTB. Ele frisou, no entanto, que o presidente Michel Temer deseja que os novos ministros tenham uma atuação mais intensa no final do governo. “[A indicação] possivelmente continua [com o PTB]. Mas o presidente pretende fazer nessa reforma uma reforma em que os ministros pretendam dar grande visibilidade a cada um dos ministérios”.

Para Padilha, os últimos anos dos governos federais são marcados pelo “encolhimento” dos ministérios em virtude da saída de ministros para concorrer a cargos eletivos. “O presidente quer fazer com que o ministério tenha inclusive uma dimensão maior com a nomeação dos novos ministros”. Ministros do governo do presidente Temer que vão se candidatar nas eleições de outubro precisam deixar o cargo até abril, em cumprimento à legislação eleitoral.

Leia também:
Eliseu Padilha diz que prioridade do governo é reforma da Previdência
PTB desiste de Cristiane e debate novo indicado


Nesta quarta-feira (21), Temer recebeu o presidente do PTB, Roberto Jefferson, e o líder da legenda na Câmara, Jovair Arantes (GO). Eles foram comunicá-lo oficialmente da desistência da indicação de Cristiane Brasil para a pasta. A deputada também estava no encontro. Durante a conversa, Temer disse que estava do lado do partido no imbróglio judicial criado após a indicação da deputada. Com a saída da petebista de cena, a definição do novo ministro ficará para março.

O ministro-chefe da Casa Civil encerrou o assunto dizendo que, ainda assim, o PTB deve se sentir representado no ministério do Trabalho, uma vez que o secretário-executivo, Helton Yomura, é indicado do partido e ocupa interinamente a pasta, acumulando os cargos.

Veja também

Em Casa Amarela, João manda recado e diz que não se resolve problemas da cidade no grito
Eleições 2020

Em Casa Amarela, João manda recado e diz que não se resolve problemas da cidade no grito

Após votação na Câmara de Vereadores, Marília Arraes recebe apoio de rodoviários
Eleições 2020

Após votação na Câmara de Vereadores, Marília Arraes recebe apoio de rodoviários