Paulo Guedes atua pela reeleição de Maia

Assim como empresários e investidores, Maia diz ter votado em Bolsonaro por causa do ministro da Economia do presidente eleito

Paulo GuedesPaulo Guedes - Foto: Sergio Lima/AFP

Sem aval do presidente eleito, Jair Bolsonaro, o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, já começou a trabalhar pela reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ) à presidência da Câmara dos Deputados.

O chefe da equipe econômica do novo governo tem medo de que sua proposta de reforma da Previdência não avance no Congresso Nacional e orientou deputados a conversarem com Maia, que já se disse convergente com a agenda.

“O Guedes falou comigo. Sabia que eu ia jantar com o Rodrigo [Maia] e disse: ‘fala que tenho muito apreço por ele, pelo nome dele e pela pessoa dele e acho que ele poderia colaborar muito com o novo governo”, relata o deputado federal eleito Alexandre Frota (PSL-SP). Guedes e Maia têm amigos em comum e conversam frequentemente por telefone.

Assim como empresários e investidores, Maia diz ter votado em Bolsonaro por causa do ministro da Economia do presidente eleito. Guedes defende reformas estruturais e privatizações —bandeiras conhecidas do deputado—, apesar de ainda não ter apresentado o conteúdo dos projetos.

Bolsonaro já disse publicamente que não vai interferir na eleição para o comando da Câmara dos Deputados, que será renovado em fevereiro, e que, na sua opinião, há “outros bons nomes”, além de Maia, na disputa.

Veja também

Direção da PF barra promoção de delegado de caso Salles para cargo de chefia
Polícia Federal

Direção da PF barra promoção de delegado de caso Salles para cargo de chefia

'É bem mais grave', diz deputado sobre relatos de irmão por pressão do governo pela Covaxin
Covaxin

'É bem mais grave', diz deputado sobre relatos de irmão por pressão do governo pela Covaxin