Procuradoria-Geral da República

PGR arquiva um dos pedidos de Bolsonaro contra Moraes, mas evita analisar mérito do caso

Aras argumentou que vai aguardar tramitação de outro processo que está no Supremo sobre o mesmo assunto

Procurador-geral da República Augusto ArasProcurador-geral da República Augusto Aras - Foto: Fellipe Sampaio /SCO/STF

O procurador-geral da República, Augusto Aras, arquivou uma representação feita pelo presidente Jair Bolsonaro contra o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Bolsonaro queria que Moraes, relator de inquéritos que tem o próprio presidente ou apoiadores como alvos, fosse investigado por abuso de autoridade. Aras argumentou que vai aguardar tramitação de outro processo que tramita no STF e também tem por objetivo investigar o ministro da Corte.

Bolsonaro tentou abrir uma investigação contra Moraes de duas formas. Primeiramente, pediu que o próprio STF instaurasse um inquérito, o que foi negado pelo ministro Dias Toffoli. Depois, fez uma representação junto à PGR.

No caso do pedido feito ao STF, Aras se manifestou no sentido de esperar o julgamento pelo plenário do STF do recurso apresentado por Bolsonaro contra a decisão de Toffoli.

Veja também

Michelle Bolsonaro aciona Gleisi no STF sobre fala de "roubo de joias", "rachadinha" e "golpe"
Michelle Bolsonaro

Michelle Bolsonaro aciona Gleisi no STF sobre fala de "roubo de joias", "rachadinha" e "golpe"

André Mendonça volta atrás e federação será punida se partido não prestar contas
eleições

André Mendonça volta atrás e federação será punida se partido não prestar contas

Newsletter