[Podcast] Diárias, passagens e energia entre cortes na Alepe, diz Clodoaldo

Parlamentar também defendeu medida de isolamento social para conter coronavírus

Deputado Clodoaldo Magalhães  Deputado Clodoaldo Magalhães  - Foto: Arquivo/Alepe

De acordo com o primeiro secretário da Assembleia Legislativa de Pernambuco, deputado Clodoaldo Magalhães (PSB), a Casa de Joaquim Nabuco analisa um decreto que inclui cortes de até 20% "na parte administrativa e na estrutura de pessoal dos deputados" como já foi registrado pelo presidente da Assembleia legislativa de Pernambuco, Eriberto Medeiros (PP), ontem (31) em entrevista à Rádio Folha FM 96,7.

Também em entrevista à Rádio Folha, na manhã desta quarta-feira (01), Clodoaldo Magalhães pontuou que parlamentares estaduais não descartam que a redução no repasse do duodécimo seja de até 40% por conta da pandemia com o novo coronavírus e, por isso, darão sua cota de sacrifício para a economia do Estado.

“Estamos analisando vários cenários de queda de receita desde 20% a 40% de queda. Então, tem um cenário de contingenciamento. Nesse período, a gente não vai mais pagar diárias, passagens aéreas, redução de 20% de verbas indenizatórias, redução de 20% na execução de praticamente todos os contratos da casa”, colocou Clodoaldo. Ele ressalta que, apesar desse decreto ainda não estar pronto, a casa legislativa já vem tomando medidas econômicas em sua logística de trabalho como redução no consumo de energia elétrica e uso do ar-condicionado, também a redução na jornada de trabalho para os servidores que ainda estão indo trabalhar presencialmente na Casa de Joaquim Nabuco.

Isolamento Social

Como médico, Clodoaldo Magalhães defende o isolamento social. De acordo com ele, é necessária a radicalização da medida para que se evite o contágio exacerbado da COVID-19 em Pernambuco.

“O isolamento social tem que ser radical, e a gente precisa persistir, a gente não pode afrouxar. Nós precisamos manter o isolamento. Todas as capitais brasileiras, praticamente, onde estão os focos principais do surto ,ou onde está começando a explodir no Brasil, ainda não está nas pequenas cidades de maneira tão expressiva, mas principalmente, nas grandes capitais e que são essencialmente onde está o foco da produção brasileira, têm que radicalizar”, argumentou . Realçando que o isolamento total é importante não só para a saúde, nesse momento, quanto para a área econômica pois, segundo ele, quanto mais cedo for adotada a prática, menor serão as consequências posteriores à pandemia e mais rápida a recuperação econômica.


Ouça a entrevista completa: 

Veja também

PT-PE aprova resolução que deixa aberta a possibilidade de retomar aliança com o PSB
Blog da Folha

PT-PE aprova resolução que deixa aberta a possibilidade de retomar aliança com o PSB

Moraes, do STF, anula decisão de Bretas que transformou Temer e Moreira Franco em réus
Política

Moraes, do STF, anula decisão de Bretas que transformou Temer e Moreira Franco em réus