Relator, Anderson Ferreira, acatou justificativa do autor do projeto
Relator, Anderson Ferreira, acatou justificativa do autor do projetoFoto: Nathália Bormann

O deputado federal pernambucano, Anderson Ferreira (PR), seguiu a justificativa e deu parecer favorável ao PDC 234/2011, de autoria do deputado João Campos (PSDB/GO), que pretende revogar uma resolução do Conselho Federal de Psicologia e permitir que profissionais da área atue em tratamentos que propõem a reversão da homossexualidade, a chamada ‘cura gay’.

Em seu voto, o deputado Pernambuco, que também pertence a bancada evangélica, destacou que a resolução do CFP, citada pelo “nobre deputado” (João Campos), “cerceia a independência e liberdade dos profissionais e o direito da pessoa que procura um psicólogo de receber orientação profissional conforme a linha que conscientemente buscou”, escreveu no seu relatório.

Para o parlamentar republicano, a Psicologia é uma disciplina em constante evolução e tem diversas correntes teóricas, sendo muito difícil determinar procedimentos corretos ou não, metodologias de trabalho apropriadas ou não. “É direito de o profissional conduzir sua abordagem conforme a linha de atuação que estudou e prefere adotar. Também constitui direito do paciente buscar aquele tipo de atendimento que satisfaz seus anseios”, complementou o deputado.

Antes de chegar a Comissão de Direitos Humanos, a proposição já foi analisada pela Comissão de Seguridade Social e Família, onde recebeu parecer favorável do relator, deputado Roberto de Lucena. A deputada Jandira Feghali (PSB), porém, se manifestou contrária ao Projeto. Na Comissão de Seguridade Social e Família, o PDC terminou não indo para votação.

assuntos

comece o dia bem informado: