Michele Collins afirmou ser veementemente contra ao parecer do STF
Michele Collins afirmou ser veementemente contra ao parecer do STFFoto: Flávio Japa/Folha de Pernambuco

A decisão da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) de que o aborto até o terceiro mês de gravidez não pode ser considerado crime tem dividido opiniões.

A vereadora do Recife Michele Collins (PP) afirmou, nesta quarta-feira, que se coloca veementemente contra ao parecer.

Segundo ela, desde o início da gestação, uma vida é gerada no útero da mãe. A legisladora pede que os deputados federais pernambucanos se posicionem contra o tema.

"No segundo mês, o coração já bate e já se inicia o processo de formação do sistema nervoso, digestivo, circulatório e respiratório. Peço aos deputados para se posicionarem contra essa decisão e em prol da família e da vida", afirmou.

Michele garantiu ainda que irá convocar os membros da Frente Parlamentar em Defesa da Família e da Vida para uma reunião que tratará sobre o tema.

assuntos

comece o dia bem informado: