O prefeito eleito de Sertânia, deputado Ângelo Ferreira (PSB), está preocupado com as possíveis dívidas que pode encontrar quando estiver à frente do município. Em entrevista à Rádio Folha FM, 96,7, nesta quarta-feira (30), o parlamentar que ainda não recebeu todos os dados das contas da atual administração.

“Dados contábeis só recebemos uma parte. Extrato de conta não repassaram. Pelo relatório de gestão fiscal, acho que em outubro, a prefeitura tinha R$ 20 milhões fundada e R$ 20 milhões de dívida flutuante, e isso é muito dinheiro. É muita dificuldade com um orçamento de R$ 80 milhões”, disse Ferreira.
O socialista também disse que tem informações de possível retirada de recursos do erário público.

“A gente tem acesso a documentos de obras, que tem pagamentos feitos, que a gente acha que houve uma retirada dos recursos da conta. Espero que isso não tenha sido no período eleitoral”, relatou.

Nas eleições deste ano, Ângelo Ferreira venceu a disputa com 53,33% dos votos, contra 44,71 do atual prefeito Guga Lins, do PSDB, e 1,96% do candidato do Psol, Julio Cesar.

assuntos

comece o dia bem informado: