Silvio Costa e Bruno Ribeiro conversaram também sobre a situação do Estado
Silvio Costa e Bruno Ribeiro conversaram também sobre a situação do EstadoFoto: Divulgação

No dia seguinte ao jantar entre o ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), senador Armando Monteiro Neto (PTB), os presidentes estaduais do PT, Bruno Ribeiro, e do PTdoB, deputado federal Sílvio Costa, almoçaram juntos nesta sexta-feira (24), no qual fizeram uma análise do quadro político nacional.

Discutiram, principalmente, os últimos acontecimentos envolvendo o governo Michel Temer (PMDB), que demonstram a fragilidade política do Executivo nacional.

A confirmação de Moreira Franco (PMDB) como ministro do governo, ocupando a Secretaria-Geral da Presidência da República, os afastamentos - que pegaram o Brasil de surpresa – do ministro das Relações Exteriores, José Serra (PSDB), e do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha (PMDB), e a grave denúncia do advogado José Yunes, amigo de Michel Temer, de que serviu de “mula” para Padilha, foram abordados no encontro.

Bruno Ribeiro e Sílvio Costa discutiram, também, as propostas de reforma previdenciária e trabalhista enviadas pelo governo Temer ao Congresso Nacional. Bruno Ribeiro, que tem relações históricas com os movimentos sindicais, ficou muito satisfeito com a posição de Sílvio Costa de votar contra as reformas da Previdência e Trabalhista.

Na cena política local, Sílvio e Bruno conversaram sobre a crise na segurança pública de Pernambuco e sobre o quadro precário da saúde pública do Estado. Por fim, combinaram ampliar o diálogo e agendar novas reuniões após o Carnaval.

assuntos

comece o dia bem informado: