Manifestantes encerram a manifestação no Segundo Jardim, em Boa Viagem
Manifestantes encerram a manifestação no Segundo Jardim, em Boa ViagemFoto: Arthur Mota/FolhaPE

Após mais de três horas de mobilização, terminou no início da tarde deste domingo (26), a manifestação convocada pelo Movimento Vem Pra Rua. Tendo como principais defesa da Operação Lava Jato e o fim do foro privilegiado, o movimento também não poupou críticas à atuação dos três Poderes.

O Supremo Tribunal Federal (STF) foi acusado pelos manifestantes de estar agindo em sintonia com o Executivo e Legislativo. Elogios apenas para o juiz paranaense Sérgio Moro. Pela via, o magistrado quando tinha o nome lembrado, era ovacionado pelos manifestantes.

A manifestação seguiu da Padaria Boa Viagem até o 2º Jardim e levou, segundo a organização, entre seis a oito mil pessoas a Avenida Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. 

Apesar de a assessoria de imprensa da Polícia Militar, não dar quantitativo, o capitão da PM, Charlton, estipulou aproximadamente 3,5 mil pessoas.

Leia também: 

Manifestação do Vem pra Rua faz defesa da Lava Jato e critica PT 

Durante a manifestação, nenhuma confusão foi registrada. Entretanto, pessoas que vestiam roupas com cores vermelha, símbolo do PT, eram vaiadas.

Trajados com as cores verde e amarela, os manifestantes terminaram o ato ao lado do boneco gigante do Pixuleco - uma representação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vestido de presidiário.

Diferentemente de outras manifestações do Vem Pra Rua, quando políticos ligados ao presidente Michel Temer (PMDB) estavam nas ruas pedindo o impeachment da presidente DIlma Rousseff (PT), neste ato não apareceu nenhum. A classe política, de um modo geral, foi rechaçada pelos manifestantes.

assuntos

comece o dia bem informado: