Deputado visitou alguns municípios afetados pelas enchentes
Deputado visitou alguns municípios afetados pelas enchentesFoto: Divulgação

Após as chuvas que assolaram a Mata Sul de Pernambuco no último fim de semana, parlamentares do Estado prestaram solidariedade aos afetados pelas enchentes. Nesta segunda-feira (29), o deputado federal Augusto Coutinho (SD) visitou municípios da região. O parlamentar esteve em Escada, Maraial, Joaquim Nabuco e Ribeirão, onde conversou com os prefeitos, com as pessoas que tiveram suas vidas atingidas e acompanhou os trabalhos de técnicos da Defesa Civil.

"A situação das chuvas no final de semana foi muito grave. Ficamos muito preocupados, mantivemos contato com todas as autoridades e resolvi ver in loco esses problemas. Falei com o governador Paulo Câmara (PSB), inclusive porque Escada não havia sido incluída originalmente na lista dos municípios que receberão essas medidas emergenciais. E vamos trabalhar para que essas cenas não se repitam mais", afirmou.

O deputado também considerou positiva a vinda de Michel Temer (PMDB) ao Estado, assim como o anúncio da liberação de R$ 600 milhões. No entanto, Coutinho disse acreditar que precisam ser complementados.

Já a deputada estadual Teresa Leitão (PT) divulgou uma nota, na qual se coloca à disposição da população. "Presto minha solidariedade ao povo pernambucano, principalmente à população da Zona da Mata Sul, que neste momento sofre com as fortes chuvas e enfrenta dificuldades decorrentes das enchentes", afirma na nota. "Nosso mandato está à disposição para ajudar da maneira que for possível a minimizar o sofrimento das pessoas", continuou.

O senador Armando Monteiro Neto (PTB) também colocou seu mandato à disposição da população. Na nota divulgada à imprensa, o petebista afirma que, "em momentos como esse, não há espaço para divergências políticos. É hora de somar forças, independentemente dos matizes partidários".

"Em Brasília, vamos atuar junto aos companheiros da bancada federal de Pernambuco, em estreita articulação com os governos federal e estadual. Cobraremos recursos para viabilizar ações assistenciais urgentes e a conclusão de obras estruturantes, como as cinco barragens prometidas pelo governo em 2010. Essas obras são fundamentais para evitar a repetição de tragédias como a que vimos nesse final de semana", afirmou.

assuntos

comece o dia bem informado: