Lula e Renata Campos com a foto do ex-governador Eduardo Campos ao fundo
Lula e Renata Campos com a foto do ex-governador Eduardo Campos ao fundoFoto: Ricardo Stuckert/Divulgação

Durante entrevista concedida na manhã desta sexta-feira (25), no Recife, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) falou da relação com a família Campos. O petista fez uma visita aos familiares do ex-governador Eduardo Campos (PSB), na noite da última quinta-feira (24), no dia do aniversário de 25 anos da primogênita de Eduardo e Renata Campos, Maria Eduarda. Segundo o ex-presidente, no Estado, ele não confunde a relação política com a pessoal.

Leia também:
Militantes aguardam Lula em Ipojuca
Renan me ajudou a governar, diz Lula no Recife


Ao falar que não via problemas em se encontrar com forças políticas de campos diferentes, Lula disse não ver problemas. O líder petista disse nunca ter rompido politicamente com uma pessoa para romper pessoalmente.

“Aqui em Pernambuco, eu não confundo a minha relação política com minha relação pessoal. Se tem uma coisa que eu respeito é minha relação pessoal. Eu nunca rompi politicamente com uma pessoa para romper pessoalmente. Amizade é uma coisa, política é outra”, disse.

“Todo mundo sabe da minha relação com o Eduardo Campos, todo mundo sabe da minha relação com a família desde o tempo do Arraes. Tempo de Magdalena. Sabe, eu quero manter essa relação independentemente do partido que eles forem, da posição política”, disse.

O encontro entre o ex-presidente Lula e a ex-primeira-dama Renata Campos ocorreu na casa da família, no bairro de Dois Irmãos, na Zona Norte. Na ocasião, o petista se encontrou o governador Paulo Câmara (PSB), o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), o presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, e o deputado federal Tadeu Alencar (PSB). As lideranças do PT de Pernambuco não acompanharam o ex-presidente no encontro.

assuntos

comece o dia bem informado: