Senador Álvaro Dias (Podemos) participa do 17º Fórum Empresarial Lide
Senador Álvaro Dias (Podemos) participa do 17º Fórum Empresarial LideFoto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Pré-candidato à Presidência da República pelo Podemos, o senador Álvaro Dias afirmou, nesta sexta-feira (20), que a polarização entre o PT e o PSDB no Brasil “já foi pro espaço”. Para ele, as duas legendas são extremamente rejeitadas. Na opinião do presidenciável, no País, não existem partidos de verdade, mas siglas para registros de candidaturas. O parlamentar está em Pernambuco, onde participa do 17º Fórum Empresarial Lide, no Sheraton Reserva do Paiva, no Cabo de Santo Agostinho.

“Eu acho que são dois partidos que são extremamente rejeitados. A opinião pública tem a leitura de que o quadro partidário brasileiro apodreceu. Nós não temos partidos de verdade no Brasil, nós temos siglas para registros de candidaturas. Aliás, temos uma fábrica de siglas alimentada pelo Fundo Partidário, que é o grande estímulo para o surgimento de siglas”, avaliou Dias.

Para o presidenciável, por este motivo, há uma rejeição as siglas históricas mais conhecidas. “As grandes siglas estão sendo rejeitadas hoje pela população do País que busca novas alternativas”, disse.

   Negociações

Sobre as negociações do partido em Pernambuco, que integra o bloco de oposição ao governador Paulo Câmara (PSB), Álvaro Dias afirmou que cabe às lideranças locais definir o quadro. “Nós que chegamos até aqui, obviamente, queremos participar do processo eleitoral, mas essa fase de definição da composição de chapa não nos cabe interferência. Obviamente que se meu partido puder ter um representantes na chapa majoritária será muito bom”, disse. No Estado, o advogado Antônio Campos (Podemos), que disputou a Prefeitura de Olinda, pode pleitear uma vaga ao Senado.

Com informações de Marcelo Montanini, da Folha de Pernambuco.

comece o dia bem informado: