Danilo Cabral é deputado federal pelo PSB-PE
Danilo Cabral é deputado federal pelo PSB-PEFoto: Mandy Oliver/Folha de Pernambuco

A demora na definição do nome que vai encabeçar a chapa de oposição na eleição deste ano já começa a ser usada pela base aliada do governador Paulo Câmara (PSB) para demonstrar a fragilidade do grupo. Na visão do deputado federal Danilo Cabral (PSB), por exemplo, o bloco oposicionista está “desnorteado” e “batendo cabeça”.

Segundo o socialista, a candidatura de Paulo Câmara à reeleição está posta e, por isso, a chapa governista não passa pelo mesmo problema. “O tempo é nosso aliado. Quem tem pressa é a oposição que, aliás, continua desnorteada. Isso mostra como está a situação do outro lado”, colocou o parlamentar.

Leia também
Oposição trabalha “anúncio coletivo” da chapa
Compasso de espera: nem governo nem oposição têm chapas fechadas
Em pesquisa, PSB avalia imagem de Joaquim Barbosa
Ciro Gomes diz não ter receio da candidatura Joaquim Barbosa
O PSB esquece Lula e vai atrás de Joaquim Barbosa


Na sua visão, a oposição é quem precisa definir seus nomes. “Até a gora, estão batendo cabeça e se isso está acontecendo é porque eles sabem que a parada é dura. Poucos tem coragem cívica para disputar uma eleição onde se pode sair derrotado. O problema da oposição é esse. Estão escolhendo quem vai perder. E como ninguém quer perder, para não perder o mandato, ficam nessa indefinição”, acrescentou.

Barbosa
De acordo com Danilo Cabral, a candidatura presidencial do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa (PSB), está perto de se consolidar. “Ele é a alternativa que o PSB vai apresentar. E as dissidências internas que o partido tinha estão cada vez mais se dissipando”, disse.

“Beto Albuquerque, que foi candidato a vice de Marina Silva e se colocava como uma candidatura do partido, hoje é um dos maiores defensores da candidatura de Joaquim. No Espírito Santo, o governador Renato Casagrande hoje já defende abertamente a candidatura de Joaquim. O próprio processo em São Paulo teve um diálogo. Márcio França recebeu Joaquim Barbosa também e sabe do potencial que Joaquim apresenta em São Paulo. Ele já é o terceiro lugar no estado”, explicou.

Acesse o Podcast Folhape e confira a íntegra da entrevista com Danilo Cabral:

assuntos

comece o dia bem informado: