O deputado federal Jarbas Vasconcelos (MDB) e o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB)
O deputado federal Jarbas Vasconcelos (MDB) e o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB)Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Em meio às costuras eleitorais, o deputado federal Jarbas Vasconcelos (MDB) se reuniu, nesta quinta-feira (24), por cerca de quatro horas, com o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), na casa do ex-secretário de ambos, Roberto Pandolfi, em Boa Viagem, Zona Sul do Recife. Os secretários municipais Murilo Cavalcanti (MDB) e Sileno Guedes - que é presidente estadual do PSB - e o assessor especial da PCR, Fred Oliveira, também participaram do encontro.

Leia também:
Jarbas almoça com Geraldo. Movimento mira eleição


O almoço foi uma forma de demonstração pública de que as arestas entre Jarbas e Geraldo já teriam sido aparadas e que o clima atual é de parceria. Na ocasião, o emedebista reforçou que segue como pré-candidato ao Senado Federal, apesar dos rumores de que ele havia desistido de uma das vagas da chapa do governador Paulo Câmara (PSB) à reeleição.

Nas últimas semanas, Jarbas resolveu trocar o ostracismo voluntário, por causa do impasse jurídico no partido, por movimentos visíveis, de olho na campanha eleitoral de outubro. Após jantar com o governador Paulo Câmara (PSB), durante a festa da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), na última terça-feira, em Brasília, o emedebista se encontrou com Geraldo, aliado de Câmara e um dos articuladores da construção das alianças do PSB. Esses eventos com os socialistas são reforços públicos de algo que já é articulado nos bastidores há algum tempo.

Além dos socialistas pernambucanos, o deputado se reuniu com os pré-candidatos à Presidência da República, ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) e deputado federal Rodrigo Maia (DEM), separadamente. Eleitor declarado do tucano, Jarbas segue articulando nos bastidores.

Atualmente, o MDB estadual está sob o comando de Jarbas e do vice-governador Raul Henry, por força de uma liminar do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski. Do outro lado, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) articula junto com o presidente nacional da sigla, senador Romero Jucá, para reverter a decisão. Bezerra Coelho teria desistido de candidatura nesse pleito. Jarbas e Raul trabalham com o tempo, visando à convenção partidária para disputarem a eleição estadual com o controle do partido.

assuntos

comece o dia bem informado: