Deputado estadual Marco Aurélio (PRTB)
Deputado estadual Marco Aurélio (PRTB)Foto: Câmara Municipal do Recife/Divulgação

Inclinado a marchar com a oposição, o PRTB ainda tem o caminho incerto. Apesar do vereador do Recife Marco Aurélio (PRTB) articular a manutenção da legenda no grupo Pernambuco Quer Mudar, o presidente estadual da sigla, Ednázio Silva, afirmou, nesta quinta-feira (24), estar trabalhando candidatura própria ao Governo de Pernambuco, com outras três siglas. O impasse deve ser decidido na próxima semana.

Leia também:
Fidélix garante que não mudou opinião sobre os homossexuais


Silva afirmou que o partido não está com o governo nem com a oposição. “Estamos construindo o caminho para candidatura própria com o PHS e outros dois partidos”, declarou Silva. As siglas seriam PSDC e PTN. “No primeiro momento fomos para a oposição por causa da ligação estreita de Marco Aurélio com o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), mas ele (FBC) não será candidato e precisa do aval de Levy (Fidelix, presidente nacional do PRTB)”, explicou.

O imbróglio começou por causa do desencontro entre Levy e o senador Armando Monteiro Neto (PTB), candidato a governador, na última terça. O perretebista esteve no Recife para receber o título de cidadão recifense e formalizar o acordo . Porém Monteiro Neto teve um imprevisto e não houve a conversa, que ocorrerá na próxima semana em Brasília. Diante disso, a sigla foi retirada do banner de divulgação do anúncio de parte da chapa.

Já o vereador Marco Aurélio destacou que o PRTB sempre participou de todos os encontros da oposição, mas como não houve a conversa entre Levy e Armando preferiram não colocar a sigla na peça, por respeito à hierarquia.

   Anúncio adiado

Sob o argumento dos “transtornos gerados pela crise de abastecimento de combustíveis que afeta a vida da população”, o grupo de oposição Pernambuco Quer Mudar adiou, nesta quinta, o anúncio oficial da pré-candidatura de Armando ao governo estadual e do deputado federal Mendonça Filho (DEM) ao Senado para o próximo dia 4 de junho.

assuntos

comece o dia bem informado: