Em vigor desde 2008, o atual Plano Diretor do Recife vai passar por revisão em 2018, conforme determina a legislação
Em vigor desde 2008, o atual Plano Diretor do Recife vai passar por revisão em 2018, conforme determina a legislaçãoFoto: Arthur de Souza

Diversas organizações, coletivos e movimentos sociais que lutam para garantir a participação popular na revisão do Plano Diretor do Recife – que está incluído no Plano de Ordenamento Territorial da Cidade – lançam, nesta quarta-feira (30), a Articulação Recife de Luta. O evento ocorre às 9h, no Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Informática, Processamento de Dados e Tecnologia da Informação de Pernambuco (SINDPD).

Leia também:
Sociedade civil debate revisão do Plano Diretor do Recife


De acordo com o grupo, até o momento, 34 organizações, coletivos e movimentos sociais. Entre elas, Habitat, Etapas, Prezeis, CMP, movimentos de moradias e movimentos populares.

O Plano Diretor é documento que traz um conjunto de normas a fim de nortear o poder público em relação a uma política de urbanização do Recife a próxima década. O atual Plano Diretor do Recife está em vigor desde 2008.

“É importante destacar que essas legislações são importantíssimas para nortear o desenvolvimento das nossas cidades em todas as suas dimensões, pois dizem respeito a temas como: efetivar a função social da propriedade, coibir a especulação imobiliária, garantir o direito à moradia nas áreas centrais ou proteger o patrimônio histórico”, diz material de divulgação da Articulação Recife de Luta.

assuntos

comece o dia bem informado: