Secretário Alberes Lopes, do PDT, e o prefeito de Olinda, Professor Lupércio (SD), corroboram da mesma linha de pensamento
Secretário Alberes Lopes, do PDT, e o prefeito de Olinda, Professor Lupércio (SD), corroboram da mesma linha de pensamentoFoto: Divulgação

Cerca de 50 alunas e alunos negros e LGBT do curso Fortalece a Igualdade, oferecido pela Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco vão receber em Olinda, nesta quinta-feira (13), os certificados de dois cursos profissionalizantes: o de Cabelo e Maquiagem Afros e de Agente de Informações Turísticas. A cerimônia será realizada no auditório do Palácio dos Governadores do município às 14h e uniu, curiosamente, duas lideranças políticas evangélicas, o secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes (PSC), e o professor Lupércio (SD), ambos dispostos a manter a laicidade do Estado, que destaca a separação da Igreja e do Estado.

Olinda foi a inspiração do projeto que beneficia o público negro LBGT de Pernambuco, uma ação inédita do governo que recebeu suporte da prefeitura municipal e também do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, o que rendeu uma blindagem dos simpatizantes do discurso de Jair Bolsonaro (PSL).

O evento estava programado para o dia 14, mas foi antecipado em virtude da greve geral. A qualificação, que se realizou em cinco municípios, conseguiu transformar a vida dos participantes, segundo vários depoimentos ao longo das aulas oferecidas pelo MPE. Para se ter uma ideia, em testemunho reservado, um deles afirmou que pensava em tirar a própria vida até que recebeu a oportunidade se qualificar, encontrar um novo propósito e um incentivo para entrar no mercado de trabalho.

“Foram oferecidas 200 vagas de cursos de qualificação gratuitos à comunidade negra LGBT de cinco municípios de três importantes regiões do nosso estado. Desde a RMR - municípios de Recife e Olinda -, passando pelo Agreste – municípios de Caruaru e Garanhuns -, até o Sertão do São Francisco, no município de Petrolina. Dessa forma conseguimos distribuir a oferta de vagas do Litoral ao Sertão”, afirmou o secretário executivo de Qualificação, Álvaro Jordão.

De acordo com Álvaro Jordão, o projeto já começou a encaminhar e abrir portas para os alunos, tanto que já participaram da maior feira de beleza do Nordeste, a Hainor, e do evento do Dia das Mães da Prefeitura do Recife. “Iniciamos o projeto promovendo as duas primeiras turmas no Recife e encerramos com duas turmas em Olinda. Isso mostra a sinergia entre essas duas históricas cidades-irmãs. Pois está concentrado nelas, esse recorte da nossa sociedade que historicamente sofre violências, preconceitos e que se encontra às margens das políticas públicas”, acrescentou.

De acordo com Álvaro Jordão, o Projeto Fortalece a Igualdade é de grande relevância para a população Negra e LGBT do nosso Estado, uma vez que ele foi pensado, projetado e executado com foco, exclusivamente, nesse recorte. “O sentimento de toda a nossa equipe que cuidou desde o início desse projeto é de alegria e dever cumprido.

Contamos o apoio de muita gente, de técnicos do ministério, dos parceiros que executaram os cursos, dos agentes públicos municipais com os quais nos articulamos em cada município, com a sociedade organizada através dos grupos que tratam do tema da diversidade, e com todos aqueles da SETEQ, que desde 2017, estiveram direta ou indiretamente envolvidos com o Projeto”, concluiu.

comece o dia bem informado: