Comandante Militar do Nordeste, General do Exército Freire Gomes.
Comandante Militar do Nordeste, General do Exército Freire Gomes.Foto: Juliano Muta

Durante a solenidade de recepção a 158 militares do Comando Militar do Nordeste que atuaram em missão humanitária com imigrantes venezuelanos, em Roraima, realizada na tarde deste sábado (26), no angar do CINDACTA III, o comandante militar do Nordeste, General do Exército Freire Gomes, destacou que as forças armadas já enviaram um contingente de 1.000 militares para atuar junto à população afetada pelo rompimento de uma barragem da empresa Vale, em Brumadinho.

Leia também:
Chuva atinge Brumadinho e preocupa equipes de resgate
Defesa Civil Nacional reconhece calamidade pública em Brumadinho
Bombeiros buscam sobreviventes em quatro áreas de Brumadinho


Os militares ajudarão na logística e no apoio humanitário no desastre que vitimou centenas de pessoas."Foram mobilizados para apoiar na tragédia que está acontecendo em Brumadinho, Minas Gerais. É o exército, a Marinha e a Força aérea, já desdobrados num trabalho humanitário, desta vez, infelizmente, com irmão brasileiros", comentou o general Freire Gomes. 

assuntos

comece o dia bem informado: