Falta apenas o plenário confirmar o título de cidadão recifense ao vice-presidente eleito
Falta apenas o plenário confirmar o título de cidadão recifense ao vice-presidente eleitoFoto: José Cruz / Agência Brasil

A Câmara Municipal do Recife, em reunião extraordinária realizada na tarde desta segunda-feira (3), através da Comissão de Educação, Cultura, Turismo e Esportes aprovou a proposta de título de Cidadão do Recife ao general Antônio Hamilton Martins Mourão (PRTB), o vice-presidente eleito.

A proposta foi do vereador Marco Aurélio (PRTB), eleito deputado estadual nas últimas eleições com o apoio do vice-presidente eleito, que chegou a gravar um vídeo para o parlamentar durante a campanha eleitoral.

A relatora do Projeto de Decreto legislativo 34/2018, vereadora Ana Lúcia (PRB), que deu o título ao vice-presidente eleito Hamilton Mourão."Era necessário realizar uma extraordinária para atender ao pleito dos vereadores que tinha honrarias para entregar ainda este ano. Temos muitos projetos de lei para analisar e esses ficaram para a reunião normal da próxima quarta-feira”, esclareceu a vereadora Ana Lúcia (PRB), já que alguns vereadores questionaram a celeridade da aprovação do título para Mourão.

"A gente julga que há legalidade. Com relação a mérito é uma discussão política e aí vai ao plenário e cada vereador decide se vota a favor ou se vota contra", argumentou o vereador Aerto Luna (PRB).

Provavelmente, ainda esta semana, o título aprovado pela comissão deve passar pelo crivo do plenário da Câmara, até quarta-feira (5). "Eu conheço o general, ele é do meu partido. Na campanha deste ano nós nos aproximamos porque eu fui a uma reunião do partido em São Paulo, entre o primeiro e segundo turno. Na ocasião, ele falou que tem muito carinho vice-presidente eleito Hamilton Mourão.

Hamilton Mourão tem um histórico de vida na capital pernambucana. Segundo o vereador Marco Aurélio, o militar serviu no Recife de 27 de setembro de 1982 a dois de janeiro de 1985. Aqui, nasceram seus dois filhos, Renato e Antônio, da esposa já falecida.

"O general me disse que não esquece o Recife e que sempre vem aqui. Por isso, com a entrega do título, quem ganha é a nossa cidade”, afirmou.

comece o dia bem informado: